quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Obediência Condicional

"Mas eles não me ouviram nem me deram atenção. Antes, seguiram o raciocínio rebelde dos seus corações maus. Andaram para trás e não para a frente." (Jeremias 7:24)

Meu cachorro pratica escuta seletiva. Quando ele não gosta do que digo, age como se não me entendesse. Se ele está no meu quarto na hora de dormir e eu digo para ele sair, ele olha para mim como se dissesse: "O quê?" É como se a audição tivesse desaparecido. Por outro lado, ele pode estar dormindo a portas fechadas, mas se eu descer, abrir o armário e pegar a coleira, ele de repente tem uma audição supersônica. E aparece bem ao meu lado. Quando gosta do que eu quero que ele faça, meu cachorro ouve e me obedece, mas quando ele não gosta do que eu quero que ele faça, meu cachorro não ouve e não obedece.

Podemos fazer o mesmo com Deus. Quando Deus nos diz para fazer algo de que gostamos, dizemos: "Sim, Senhor!" Mas quando Ele nos diz para parar de fazer alguma coisa, dizemos: "Deus, há muito barulho. Não estou te ouvindo claramente."

Jesus disse: "Vocês serão meus amigos, se fizerem o que eu lhes ordeno" (João 15:14). Ele não disse: "Vocês serão meus amigos, se fizerem as coisas com as quais concordam pessoalmente." Deus nos disse em Sua Palavra como devemos viver. Não é para nós escolhermos seções da Bíblia que gostamos e jogarmos o resto fora.

Se Deus lhe diz para fazer algo, Ele o faz por boas razões e você precisa obedecê-lo. Se Deus lhe diz para não fazer algo, Ele também o faz por boas razões. Mesmo que você não O entenda, obedeça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário