quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Esquecimento

"Por isso, sempre terei o cuidado de lembrar-lhes estas coisas, se bem que vocês já as sabem e estão solidamente firmados na verdade que receberam." (2 Pedro 1:12)

Alguns anos atrás, recebi de meu despachante um desses temidos avisos por e-mail. Era hora de fazer os testes para renovação da minha carteira de motorista. Eu pensei: tenho dirigido há tantos anos. Não acho que eu precise ler o manual novamente. Quando apareci no órgão de trânsito no dia agendado, recebi um teste escrito. Algumas das perguntas me deixaram um pouco confuso, mas achei que fui razoavelmente bem. Percebi que só podia errar três vezes. Entreguei o teste de volta ao responsável e o observei quando pegou uma caneta vermelha e, com grande prazer, começou a examinar meu teste. Ele marcou um, dois, depois três, quatro, cinco, seis...

"Você precisará fazer o teste novamente", disse ele.

Alguns dias depois refiz o teste e passei raspando. Foi uma experiência humilhante. Porque tenho dirigido diariamente há anos, achei que sabia o básico. Mas eu obviamente estava enganado. Isso me lembrou que não necessariamente sei tanto quanto penso saber.

Há coisas na vida que nos esquecemos. Essa é uma das razões pelas quais Pedro escreveu sua segunda epístola. Ele disse: "Considero importante, enquanto estiver no tabernáculo deste corpo, despertar a memória de vocês, porque sei que em breve deixarei este tabernáculo, como o nosso Senhor Jesus Cristo já me revelou" (2 Pedro 1:13-14). Se você se concentrar nessas coisas que você nunca deve esquecer, Deus diz que você nunca tropeçará ou cairá (versículo 10), e Ele lhe dará uma grande entrada em Seu reino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário