terça-feira, 21 de agosto de 2018

Mudança de Dentro Para Fora

"Não por causa de atos de justiça por nós praticados, mas devido à sua misericórdia, ele nos salvou pelo lavar regenerador e renovador do Espírito Santo" (Tito 3:5)

Nos anos 1600, o autor Matthew Mead publicou um grande livro chamado The Almost Christian Discovered (O quase cristão descoberto - tradução livre), no qual escreveu: "A mudança exterior muitas vezes acontece sem a interior, mas a mudança interior nunca acontece sem a exterior."

As pessoas podem passar pelos movimentos sem necessariamente tornarem-se cristãs. Você pode orar e necessariamente não ser um cristão. Você pode ser batizado e necessariamente não ser um cristão. Para o melhor de sua capacidade, você pode manter os Dez Mandamentos e necessariamente não ser um cristão. Você pode até acreditar que Jesus está voltando e necessariamente não ser um cristão.

As pessoas podem até fazer mudanças visíveis em suas vidas e necessariamente não serem cristãs. Havia um jovem rico que veio a Jesus e disse: "Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna?" (Marcos 10:17).

Jesus lhe disse: "Você conhece os mandamentos" e depois os listou.

O jovem disse: "Mestre, tudo isso tenho obedecido desde a minha adolescência" (Marcos 10:20).

Esse cara era basicamente moral. Ele guardou os mandamentos da melhor forma que conseguiu. Certamente ele os quebrou algumas vezes, mas pelo menos tentou. Até que Jesus lhe disse o que fazer e ele não o fez. Ele parou perto de Jesus.

Não são os seus trabalhos que lhe salvam. Você coloca a sua fé em Cristo e então verá as evidências em sua vida. Embora seja verdade que a fé sem obras é inútil (ver Tiago 2:20), pode-se dizer que as obras sem fé também o são.

Você pode dizer: "Bem, fui a um retiro cristão" ou "Eu me levantei e fiz uma oração." Isso é bom, mas necessariamente não faz de você um cristão. Tem que haver um movimento do seu coração em direção a Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário