sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Enfim, no Foco!

“Pois não temos aqui, nenhuma cidade permanente, mas buscamos a que há de vir.” (Hebreus 13:14)

Pense um pouco sobre qual foi o melhor momento da sua vida até agora. Aqueles momentos com as pessoas que você ama ou aquele dia com um incrível pôr do sol. Ou então algo muito precioso que seu filho ou filha lhe tenha dito certo dia. Esses são apenas um vislumbre do que ainda está por vir.

É por isso que C. S. Lewis descreveu nosso planeta como uma “sombra”. Veja bem, temos a tendência de pensar que o céu é algo surreal, enquanto pensamos que a terra é real. Mas o céu não é uma versão chata da terra. A terra – pelo menos em seus melhores momentos – é uma versão incompleta do céu. A terra é como uma cópia do céu. E não o contrário.

No que se refere aos sacerdotes que ofereciam sacrifícios de acordo com a lei, Hebreus 8:5 diz: “Eles servem num santuário que é cópia e sombra daquele que está nos céus, já que Moisés foi avisado quando estava para construir o Tabernáculo: 'Tenha o cuidado de fazer tudo segundo o modelo que lhe foi mostrado no monte'.”

Nosso problema é que começamos a racionalizar partindo da terra para o céu, quando deveríamos, ao invés disso, começar do céu para a terra. Esse curto período de tempo que passamos na terra, a Bíblia chama de “vapor” ou “neblina da manhã” (ver Tiago 4:14), ou uma história que já foi contada. A vida não vai apenas da sua data de nascimento até a data da sua morte. Ela vai além. Os planos de Deus para você são bons, e a parada final é o céu. Quando você chegar lá vai ver tudo entrando em foco. Quando você chegar ao outro lado, vai ver as coisas com clareza.

Deus sabe exatamente aonde você está agora. Ele tem um futuro para você. E, vai ser muito além daquilo que você sempre sonhou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário