terça-feira, 1 de maio de 2018

Sem Lugar Para o Orgulho

"Não amem o mundo nem o que nele há. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele. Pois tudo o que há no mundo — a cobiça da carne, a cobiça dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo" (1 João 2:15-16)

Algumas pessoas precisam sempre ser o centro das atenções, ser a estrela, ser melhor do que todo mundo.

Mas a Bíblia diz: "Comportemo-nos com decência, como quem age à luz do dia, não em orgias e bebedeiras, não em imoralidade sexual e depravação, não em desavença e inveja" (Romanos 13:13).

"Desavença" refere-se a contenda persistente, brigas, pequenos desacordos e inimizades. Isso reflete um espírito de competitividade que luta para ter seu próprio caminho, independentemente do custo para si ou para os outros. É realmente o desejo de prevalecer sobre outras pessoas. Esta é a pessoa que deseja o maior prestígio, a maior proeminência, o maior reconhecimento. É alguém que precisa ser o melhor.

A palavra "inveja" refere-se a alguém que não suporta ser superado e inveja o sucesso e a posição de outros. Está muito feliz com a maneira como as coisas estão indo até que alguém consiga algo que ele deseja. Há um ditado que diz que a inveja atira no outro e atingi a si mesma. No final, o único que se machuca é você. A pessoa que você inveja provavelmente nem sabe (e provavelmente não se importaria se soubesse).

Um pescador de siri foi perguntado uma vez por que não colocava uma tampa no balde que segurava os siris capturados da sua noite. Ele respondeu: "No momento em que um deles sai, os outros se levantam e o puxam para baixo novamente".

Nós fazemos a mesma coisa, não fazemos? Volte aqui com o resto de nós! Como se atreve a ter sucesso? Como se atreve a fazer o bem?

O apóstolo Paulo advertiu: "Mas se vocês se mordem e se devoram uns aos outros, cuidado para não se destruírem mutuamente" (Gálatas 5:15).

Como crentes, nossa competição é contra o mundo, a carne e o diabo (ver 1 João 2:15-16), não contra nossos companheiros cristãos.

Um comentário:

  1. Devocionais sempre são benção para as nossas vidas, acompanho há algum tempo tem sido muito edificante.

    ResponderExcluir