quinta-feira, 31 de maio de 2018

O Que Deforma a Alma

"Pois o amor de Cristo nos constrange, porque estamos convencidos de que um morreu por todos; logo, todos morreram. E ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou." (2 Coríntios 5:14-15)

Algumas pessoas dizem que Deus é muito rígido; que é difícil segui-Lo. Mas o problema é que elas têm uma noção equivocada de Deus.

Não tive pai quando eu era criança, mas digo isto: já conheço meu Pai Celeste há algum tempo e Ele sempre me tratou com amor e nunca foi incoerente. Nem sempre entendo (ou concordo) o que meu Pai do Céu faz, mas sempre me submeti a Ele porque sei que Ele busca o que é melhor para mim.

Em Lucas 19:20-21, Jesus contou a parábola de um nobre que partiu e confiou quantias iguais de prata a alguns de seus servos para investirem na ausência dele. Quando voltou de sua jornada, um dos servos lhe disse: "Senhor, aqui está a tua mina; eu a conservei guardada num pedaço de pano. Tive medo, porque és um homem severo. Tiras o que não puseste e colhes o que não semeaste." Mesmo ao chegar o dia de prestar contas, não havia arrependimento no servo, nem tristeza por sua falta de produtividade. Na verdade, ele culpou o patrão por suas falhas.

Muita gente hoje é como aquele servo: Não é culpa minha... Meus professores são todos ruins... Meus chefes são todos ruins.

Nossa visão de Deus afeta tudo o que fazemos na vida. Se temos uma visão distorcida de Deus, isso afeta o nosso modo de viver. Como A. W. Tozer disse: "Nada perverte e deforma mais uma alma do que uma concepção pequena ou mesquinha de Deus."

A motivação adequada para servir ao Senhor deve ser um grande amor por Ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário