quinta-feira, 3 de maio de 2018

Hora de Fechar

"E ouvi o altar responder: 'Sim, Senhor Deus todo-poderoso, verdadeiros e justos são os teus juízos'" (Apocalipse 16:7)

Em 1869, o químico francês Pierre Berthelot escreveu: "Dentro de cem anos de ciência química e ciência física, o homem saberá o que é o átomo. Minha crença é que, quando a ciência alcançar esse estágio, Deus descerá à terra com Seu grande molho de chaves e dirá à humanidade: 'Senhores, é hora de fechar.'"

É isso o que Deus de fato diz nos capítulos 15 e 16 do Apocalipse, que descreve uma época específica nos últimos três anos e meio do período da Tribulação. O Anticristo já terá surgido em cena. Ele haverá instalado sua nova economia global e terá suas forças armadas e sua religião mundialmente unificada.

A essa altura, as pessoas terão tomado a decisão de seguir Jesus Cristo e receber o selo do Espírito Santo, ou de receber o sinal da besta e ficar eternamente separadas de Deus. Uma vez recebido o sinal, não haverá volta. Então o julgamento de Deus recairá com toda a força sobre o Anticristo e sobre todos os que o tenham seguido. Não haverá mais o que dizer.

Infelizmente, haverá muitos que morrerão exatamente como viveram: endurecidos contra Deus. É por isso que o julgamento virá.

Os julgamentos de Deus nunca são arbitrários, involuntários, nem aleatórios. Deus é sempre específico no modo como Ele julga e no tempo em que Ele julga. Ele não tem prazer nisso. Na verdade, Ele diz: "não tenho prazer na morte dos ímpios, antes tenho prazer em que eles se desviem dos seus caminhos e vivam" (Ezequiel 33:11).

É verdade que Deus é amor, mas também é verdade que Ele é justo. É verdade que Deus perdoa, mas também é verdade que Deus é reto. Consequentemente, deve haver julgamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário