segunda-feira, 7 de maio de 2018

A Última Música nas Escrituras

"E cantavam o cântico de Moisés, servo de Deus, e o cântico do Cordeiro: 'Grandes e maravilhosas são as tuas obras, Senhor Deus todo-poderoso. Justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó Rei das nações'" (Apocalipse 15:3)

Em Apocalipse 15 os santos que morreram por sua fé cantam o cântico de Moisés e o cântico do Cordeiro. O cântico de Moisés é o que os israelitas cantaram depois de terem sido libertados do faraó e atravessado com segurança o Mar Vermelho (ver Êxodo 15 e Deuteronômio 32). Esta canção será cantada novamente no céu. É a última música nas Escrituras.

Os mártires nessa passagem vieram através do fogo da perseguição, mas não perderam a sua canção. Eles cantam: "Justos e verdadeiros são os seus caminhos..." É um reconhecimento de que Deus sabe o que faz.

Existem coisas na vida que não fazem sentido. As tragédias acontecem conosco. Injustiças são cometidas. Coisas ruins acontecem, mesmo para os cristãos. Às vezes é assim que precisamos confiar em Deus e sinceramente adorá-Lo - não porque as coisas não vão bem, mas porque Deus é bom. 

Não podemos controlar nossas circunstâncias, mas podemos controlar nossa reação a elas.

Jó foi para a cama uma noite e tudo parecia estar indo bem. Então ele se levantou na manhã seguinte e, essencialmente, perdeu tudo o que tinha. Pior de tudo, ele perdeu os seus filhos. E o que nós lemos? "Jó [..] prostrou-se no chão em adoração, e disse: 'Saí nu do ventre da minha mãe, e nu partirei. O Senhor o deu, o Senhor o levou; louvado seja o nome do Senhor'" (Jó 1:20-21).

Que calamidade você está enfrentando? Qual julgamento está diante de você? Adore a Deus, não por causa de sua dificuldade, mas por causa de Sua soberania e glória. Quando você chegar ao céu, tudo será explicado. Até esse dia, vivemos de promessas e não de explicações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário