sexta-feira, 30 de março de 2018

Deus Sabe...em Detalhes

"Desde o início faço conhecido o fim, desde tempos remotos, o que ainda virá. Digo: Meu propósito ficará de pé, e farei tudo o que me agrada." (Isaías 46:10)

Sempre me impressiono com a capacidade que a minha esposa Cathe tem, de lembrar detalhes. Quando falo sobre algo que aconteceu, ela sempre faz perguntas. Ela me interrompe no meio da história porque ela quer detalhes que, para mim, eram insignificantes na época.

"Quem se importa?" Eu digo a ela. "Deixe-me terminar a história."

Mas, então, quando vou recontar a história algum tempo depois, ela percebe que deixei de lado uma parte.

"Como você sabe?" Eu digo. "Você não estava lá."

"Não", diz ela, "mas eu me lembro."

E ela está certa. Ela se lembra melhor do que eu, porque eu não dei importância aos detalhes.

Alguns de nós podemos esquecer detalhes, mas Deus não. Não só Deus se lembra de todos os detalhes do passado, como também conhece o futuro com total precisão.

Apocalipse 13 descreve um momento em que o Anticristo irá introduzir uma sociedade sem dinheiro. Ele exigirá que as pessoas tenham uma marca pela qual ninguém pode comprar ou vender sem ela, e o fim disso é fazer com que as pessoas se envolvam no culto do diabo.

A tecnologia já está aqui. Quarenta anos atrás, isso pareceria impossível, se não implausível. Mas agora, com todos os desenvolvimentos em tecnologia, podemos ver como tal coisa realmente poderia se desdobrar diante de nossos olhos em tempo real.

Deus disse em Isaías: "Lembrem-se das coisas passadas, das coisas muito antigas! Eu sou Deus, e não há nenhum outro; eu sou Deus, e não há nenhum como eu. Desde o início faço conhecido o fim, desde tempos remotos, o que ainda virá. Digo: Meu propósito ficará de pé, e farei tudo o que me agrada." (46:9-10).

Quando Deus nos diz o que está prestes a acontecer, Ele não está falando por falar. Ele conhece o futuro e conhece o passado.

quinta-feira, 29 de março de 2018

Ele Possui as Chaves

"Quando o vi, caí aos seus pés como morto. Então ele colocou sua mão direita sobre mim e disse: 'Não tenha medo. Eu sou o primeiro e o último. Sou aquele que vive. Estive morto mas agora estou vivo para todo o sempre! E tenho as chaves da morte e do Hades.'" (Apocalipse 1:17-18)

Apocalipse 3 registra as palavras de Jesus para a igreja dos últimos dias conhecida como a igreja da Filadélfia. Neste capítulo, Jesus diz algumas coisas muito específicas sobre como elas devem viver nos tempos finais. Mas acho que poderíamos facilmente retirar a palavra "Filadélfia" e inserir os nossos próprios nomes nesta passagem. Por quê? Porque estas são as palavras de Jesus não só para a igreja nos últimos tempos, mas para os fiéis dos últimos dias:

"Estas são as palavras daquele que é santo e verdadeiro, que tem a chave de Davi. O que ele abre ninguém pode fechar, e o que ele fecha ninguém pode abrir. Conheço as suas obras. Eis que coloquei diante de você uma porta aberta que ninguém pode fechar. Sei que você tem pouca força, mas guardou a minha palavra e não negou o meu nome." (versos 7-8).

Aqui lemos que Jesus tem a chave de Davi (fico feliz que Ele as tenha, porque se eu as tivesse, elas já estariam perdidas).

Felizmente, Jesus não perde as chaves. Ele tem a chave para cada fechadura. Jesus pode abrir todas as portas. Deus controla todos os eventos na história deste planeta - passado, presente e futuro. Deus abrirá algumas portas, e fechará outras. Ele determina quanto tempo vamos viver. Isso não depende de nós; cabe apenas a Ele. As portas que Deus fecha estão trancadas para sempre. E as portas que Ele abrir ficarão abertas para sempre. Nenhum poder na Terra pode mudar isso.

É bom lembrarmos que Deus está no controle. Não devemos ter medo de entregar um futuro desconhecido para um Deus conhecido. Ele está no controle das nossas vidas.

quarta-feira, 28 de março de 2018

Comportamento de Anticristo

"Filhinhos, esta é a última hora; e, assim como vocês ouviram que o anticristo está vindo, já agora muitos anticristos têm surgido. Por isso sabemos que esta é a última hora." (1 João 2:18)

Estamos vendo uma mentalidade anticristã tornar-se mais popular e mais amplamente aceita em nossa nação hoje. Uma coisa é um país islâmico executar os cristãos por eles simplesmente acreditarem em Jesus. Outra coisa é perseguir os cristãos dentro de um país que foi fundado com princípios judaico-cristãos; ter esse viés anticristão no Brasil - o que de fato acontece.

Aqui está algo a se considerar. Embora não saibamos se o próprio Anticristo já esteja vivo hoje, existem anticristos, no plural. Este termo "Anticristo" na verdade não é usado no livro do Apocalipse, embora se refira à pessoa. O próprio termo é encontrado em 1 João 2:18: "Filhinhos, esta é a última hora; e, assim como vocês ouviram que o anticristo está vindo, já agora muitos anticristos têm surgido. Por isso sabemos que esta é a última hora."

Mesmo agora, muitos anticristos têm surgido... João continua dizendo: "Eles saíram do nosso meio, mas na realidade não eram dos nossos, pois, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco [...]" (verso 19).

Isso é interessante. A questão a se fazer não é "Quem é o anticristo?", mas "Sou eu o anticristo?" Então, quem é anticristo? De acordo com João, é alguém que já fez uma declaração de fé, mas que desde então virou as costas para Deus. Este é o comportamento de anticristo.

Você está vivendo dessa maneira? Você colocou alguma coisa ou pessoa no lugar d'Ele? Você está se opondo a Ele de alguma forma? Você se distanciou de outros cristãos e efetivamente virou as costas para Deus? Se assim for, você pode ser classificado como um anticristo.

terça-feira, 27 de março de 2018

Um Disfarce Sagaz

"Pois tais homens são falsos apóstolos, obreiros enganosos, fingindo-se apóstolos de Cristo. Isto não é de admirar, pois o próprio Satanás se disfarça de anjo de luz. Portanto, não é surpresa que os seus servos finjam que são servos da justiça. O fim deles será o que as suas ações merecem." (2 Coríntios 11:13-15)

Um sinal do fim dos tempos serão pessoas rejeitando a fé. A Bíblia fala de uma apostasia, um abandono da fé nos últimos dias (ver 2 Tessalonicenses 2:3). Lemos em 2 Timóteo 4-3-4 que, nos últimos dias, alguns "não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, sentindo coceira nos ouvidos, segundo os seus próprios desejos juntarão mestres para si mesmos. Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos."

Às vezes o diabo vem, na sua depravação, como um leão rugindo. Outras vezes ele vem como um anjo de luz em seu esplendor. É por isso que o apóstolo Paulo escreveu às igrejas da Galácia: "Mas ainda que nós ou um anjo do céu pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja amaldiçoado!" (Gálatas 1:8).

Hoje em dia há gente que diz que precisamos reinventar a igreja, que não funciona do jeito antigo. Mas eu não acho que precisemos reinventar a igreja. Em vez disso, precisamos é redescobrir a igreja tal como Jesus a fundou. Temos de voltar ao modelo original.

Em algumas igrejas hoje em dia os sermões são curtos, mais como conversas motivacionais do que mensagens da Palavra de Deus. Eu quero ouvir a Palavra de Deus. Quero saber o que a Bíblia diz das coisas que vou enfrentar na vida.

Paulo escreveu a Timóteo: "Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina" (2 Timóteo 4:2).

O antídoto para o engano do qual veremos mais nos últimos dias é ouvir e conhecer a Palavra de Deus.

segunda-feira, 26 de março de 2018

Uma Religião Unificada?

"Não deixem que ninguém os engane de modo algum. Antes daquele dia virá a apostasia e, então, será revelado o homem do pecado, o filho da perdição." (2 Tessalonicenses 2:3)

Uma das coisas que aprecio no Brasil é a nossa liberdade de adoração. Agradeço a liberdade que tenho para me levantar e dizer o que acredito sem medo de ser preso ou assassinado. Aprecio a liberdade que os outros têm em ter opiniões que são diferentes das minhas. Embora eu possa não concordar com elas, aprecio o fato de podermos dizer o que acreditamos.

Mesmo que pudesse, eu nunca iria impor a fé cristã a alguém. Eu jamais iria querer que o cristianismo fosse forçado a pessoas que não queiram acreditar. Como cristãos, temos uma fé racional, e nosso desejo é levar as pessoas a Cristo enquanto compartilhamos a nossa fé com elas. Afinal, Deus diz: "Venham, vamos refletir juntos" (Isaías 1:18).

Nos últimos tempos, virá uma nova religião que pode abranger a todos. Provavelmente haverá muitas crenças interligadas com o ocultismo. Mas qualquer movimento em direção a uma única religião no mundo é ação do anticristo.

Em nossa sociedade de hoje, vemos as coisas caminhando em direção a uma união de todas as religiões. Somos informados de que todos estamos orando para o mesmo deus, que todos seguimos caminhos diferentes para o mesmo deus. Mas tenho que discordar. Eu adoro o Deus de Abraão, Isaque e Jacó. Adoro o Deus da Bíblia, que enviou Jesus Cristo. Não há outro Deus.

Acho que, logo em seguida, vamos encontrar uma tolerância crescente a qualquer crença - exceto aquela "fé intolerante" como alguns a descreveriam (leia-se: cristão que acredita na Bíblia). Haverá menos tolerância para isso.

É por isso que precisamos ter muito cuidado. O diabo virá nos últimos dias com um engodo religioso.

sexta-feira, 23 de março de 2018

De Cabeça Erguida

"Quando começarem a acontecer estas coisas, levantem-se e ergam a cabeça, porque estará próxima a redenção de vocês." (Lucas 21:28)

Ao longo dos anos as pessoas inventaram algumas teorias malucas de quem elas achavam que poderia ser o Anticristo. Mas de acordo com as Escrituras sagradas, o Anticristo não poderá se estabelecer até que os cristãos se encontrem com o Senhor nas alturas. 

A Bíblia diz: "A verdade é que o mistério da iniqüidade já está em ação, restando apenas que seja afastado aquele que agora o detém. Então será revelado o perverso, a quem o Senhor Jesus matará com o sopro de sua boca e destruirá pela manifestação de sua vinda" (2 tessalonicenses 2:7-8).

Quem está abrandando o mal hoje? O Espírito Santo, trabalhando através da igreja e dos cristãos que tomam partido diante daquilo que é correto, que se posicionam contra o mal, que funcionam como sal e luz em nossa sociedade. Jesus disse que, como seus seguidores, somos sal da terra e luz do mundo (ver Mateus 5:13-14)

Luz, logicamente, ilumina. E o sal era usado antigamente para preservar a carne, prevenindo que ela estragasse, na ausência de um refrigerador. Estamos aqui para contar ao mundo sobre Jesus e deixar a nossa luz brilhar. E estamos aqui para evitar que o mal se espalhe. 

A respeito dos sinais do final dos tempos, Jesus disse: "Quando começarem a acontecer estas coisas, levantem-se e ergam a cabeça, porque estará próxima a redenção de vocês" (Lucas 21:28).

Perceba que Jesus disse: "Quando começarem a acontecer estas coisas, levantem-se e ergam a cabeça..." Não deveríamos estar procurando pelo Anticristo. Deveríamos estar buscando Jesus Cristo. Esta é a ênfase das Escrituras. 

Então, cabeça erguida. Nossa redenção se aproxima. 

Você está de cabeça erguida?

quinta-feira, 22 de março de 2018

O Imitador Final

Jesus respondeu: "Cuidado, que ninguém os engane. Pois muitos virão em meu nome, dizendo: ‘Eu sou o Cristo!’ e enganarão a muitos." (Mateus 24:4-5)

Parece que todos têm um smartphone hoje em dia. Em todos os lugares onde você vai, as pessoas estão falando em seus celulares. E agora, há até um telefone celular para cães, que é um colar com um pequeno viva-voz que permite que você converse com o seu animalzinho de estimação.

Como será que algum dia já sobrevivemos sem celulares, não é mesmo?

Lembro-me de quando os primeiros celulares vieram ao mercado. Eram pesados ​​e tinham uma bateria que durava pouco. Então veio o Blackberry, que tornou-se muito popular. Mas a indústria ficou de cabeça para baixo em 2007, quando a Apple lançou o iPhone. Entre hoje em qualquer loja que venda celulares e você achará que a maioria dos telefones se assemelham ao iPhone. Seu modelo e jeito de ser, mudou tudo.

Sempre que algo é popular, sempre que algo é bem sucedido, sempre que algo é bom, você pode ter certeza que haverá imitações.

O imitador maior é Satanás, que tem suas imitações baratas de todas as coisas que são verdadeiras. Para todos os verdadeiros cristãos que crêem em Jesus, ele tem seus falsos fiéis por aí, que fingem ser algo que não são. Temos verdadeiros milagres realizados pela mão de Deus, e Satanás também tem falsas imitações disso. Deus tem o Seu Filho, Jesus. E um dia Satanás terá o seu filho, sua própria imitação de Jesus, o Anticristo. Esse homem será a personificação do pecado e da rebelião mais vil da história da humanidade.

Eis a sua escolha: você será de Jesus Cristo ou do Anticristo? De Deus, ou de Satanás. Se você fizer a escolha correta, saiba com certeza que o seu nome estará escrito no Livro da Vida. Mas se não estiver escrito no Livro da Vida, então você estará condenado.

quarta-feira, 21 de março de 2018

Nada Para Mostrar

"Venho em breve! Retenha o que você tem, para que ninguém tome a sua coroa." (Apocalipse 3:11)

Você sabia que é possível ter a alma salva mas a vida perdida? Alma salva significa que você está salvo por crer em Jesus e não por causa das coisas que faz. Você se desviou do pecado e colocou a sua fé em Cristo. E Deus tem um plano para a sua vida: Ele quer que você O sirva.

Mas muitos Cristãos não fazem muitas coisas pelo Senhor, apesar de que eles deveriam. A Bíblia diz que estaremos perante Deus um dia e nossas obras serão avaliadas (veja 1 Coríntios 3:12–14). Nossas almas serão salvas, mas se nossas obras tiverem sido feitas pelos motivos errados, não receberemos recompensa por elas.

Jesus disse: "Venho em breve! Retenha o que você tem, para que ninguém tome a sua coroa." (Apocalipse 3:11) Fique atento. Segure firme. Não deixe escapar. Se você bobear, pode perder sua coroa.

A coroa é um símbolo da recompensa que está aguardando os Cristãos. Perder a coroa significa perder a recompensa. A Bíblia fala de uma coroa que Deus nos dá por sermos fiéis a Ele (veja Apocalipse 3:11). 1 Tessalonicenses 2:19 menciona uma coroa de alegria que estaria relacionada a ganhar almas. Depois, em 2 Timóteo 4:8, há a coroa da justiça. Tiago 1:12 fala da coroa da vida, prometida a quem passar por tentações e perseverar em provações.

Essas são as recompensas que Deus vai dar a cada um de nós, mas como será triste para aqueles que, naquele dia perante Deus, não tiverem nada para mostrar sobre a vida que lhes foi dada.

terça-feira, 20 de março de 2018

Antes do Início dos Tempos

"Conhecido antes da criação do mundo, revelado nestes últimos tempos em favor de vocês. Por meio dele vocês crêem em Deus, que o ressuscitou dentre os mortos e o glorificou, de modo que a fé e a esperança de vocês estão em Deus." (1 Pedro 1:20-21)

Quando Cathe e eu vemos os nossos netos, sabemos que eles vão fazer bagunça. Quando colocamos o nosso neto pequeno, Christopher, em sua cadeira alta, sabemos que haverá mais comida no chão do que na bandeja. E porque sabemos que isso vai acontecer, nós nos preparamos.

Deus também nos preparou. Ele conhece o futuro, assim como o passado, e sabia que pecaríamos. Então Ele nos deu o Cordeiro imolado desde a criação do mundo.

Antes de haver um sistema solar, antes de haver um planeta chamado Terra nesse sistema solar, antes que houvesse um jardim chamado Éden, antes que houvesse um homem chamado Adão e uma mulher chamada Eva, antes de comerem o fruto proibido, fazendo o pecado para entrar no mundo... Antes de tudo isso, Deus decidiu que enviaria o Seu Filho Jesus à Terra. Deus viria até nós como um bebê em uma manjedoura em Belém. Ele viveria uma vida perfeita. Ele voluntariamente iria à cruz e morreria pelos pecados do mundo. Jesus foi morto desde a fundação do mundo.

Por que Deus decidiu isso? Ele sabia que estragaríamos as coisas, mas Ele nos deu uma chance mesmo assim.

Então, qual é a sua reação? Você está para Jesus Cristo ou para qualquer outra coisa?

Se você submeteu a sua vida ao Senhor Jesus Cristo, que o perdoará de todos os seus pecados, saiba com certeza que quando você morrer, o seu nome estará escrito no Livro da Vida. Sua reserva está garantida, e você estará pronto para conhecer o Senhor. Não consigo imaginar nada mais importante do que isto.

segunda-feira, 19 de março de 2018

Tudo, Menos Cristo

"Conheço as suas obras. Eis que coloquei diante de você uma porta aberta que ninguém pode fechar. Sei que você tem pouca força, mas guardou a minha palavra e não negou o meu nome." (Apocalipse 3:8)

Nunca vi analfabetismo bíblico tão grande quanto o que vemos atualmente na igreja. Muitos vão à igreja, mas querem mesmo é só se divertir. Querem ficar deslumbrados. E querem tudo, menos a Palavra de Deus.

Uma coisa que sempre esteve na vanguarda nos nossos Devocionais Diários é o ensino da Palavra de Deus - sem rodeios. Por que isso é importante? Porque um dos sinais dos últimos dias é a apostasia. As pessoas que viverem no final dos tempos vão se afastar da fé. De acordo com 1 Timóteo 4:1: "O Espírito Santo nos diz claramente que, nos últimos tempos, alguns se afastarão da verdadeira fé, seguirão espíritos e ensinamentos enganosos que vêm de demônios." Conhecer a Palavra de Deus e mantê-la irá fortalecê-lo contra isso.

À medida que nos aproximamos do retorno de Cristo, será cada vez mais difícil ser cristão. As coisas vão ficar espiritualmente mais nebulosas em nosso mundo. Hoje, no Brasil, vivemos no que eu descreveria como uma cultura do: "tudo menos Cristo". As pessoas são legais com tudo o que você quiser acreditar, exceto com a Bíblia e Jesus Cristo. Então, de repente, você está com problemas. De repente você é o intolerante. Você é o carola. Você é o de mente fechada. Você é o odioso. E é só porque você acredita que a Bíblia é verdadeira, e você quer viver para Jesus Cristo. Deus lhe dará a força para viver essa vida, mas você será confrontado.

Então, independente de qual seja o seu estilo, leia a Palavra de Deus. Conheça a Palavra de Deus. E, mais importante, mantenha a Palavra de Deus.

sexta-feira, 16 de março de 2018

Ele Encontrará Fé?

"[...] Contudo, quando o Filho do homem vier, encontrará fé na terra?" (Lucas 18:8)

Não sou o tipo de pessoa que é paciente quando fica doente. Não gosto de me deitar e ficar parado. Assim que começo a me sentir melhor, quero fazer alguma coisa. Quando me sinto bem novamente, começo a trabalhar em algo ou vou dar uma caminhada. Mas depois eu acabo me sentindo meio cansado.

Em Apocalipse 3:8, encontramos a descrição de uma igreja que está voltando à vida, a igreja de Filadélfia. O Grande Médico dá Sua avaliação divina: "Sei que você tem pouca força [...]". Este não é um comentário negativo sobre sua fraqueza, mas um elogio à sua força. Ela é como uma pessoa doente que está se recuperando.

Esta não é uma super igreja do fim dos tempos, mas é uma igreja revivificante. Se alguma vez houve uma super igreja, foi a igreja do primeiro século. Embora tenha tido suas falhas, foi a igreja que mudou o mundo. E foi a igreja que nos deu o modelo que devemos seguir.

A implicação em Apocalipse 3 é que a igreja de Filadélfia estava voltando. Talvez haja um avivamento. O avivamento é o que Deus faz por nós, é uma obra soberana do Espírito Santo. Oremos para que Deus envie um avivamento ou um despertar para o nosso país.

Evangelismo é o que fazemos por Deus. Jesus perguntou: "Quando o Filho do homem vier, encontrará fé na terra?" (Lucas 18:8). A ideia não é uma igreja que conquiste o mundo, mas que esteja fazendo algo.

Jesus elogia a igreja da Filadélfia por ter dado pequenos passos, e nós também precisamos dar esses  pequenos passos também. Deus nos deu força suficiente para fazer o que Ele nos chamou a fazer.

quinta-feira, 15 de março de 2018

Comece Com Um Pequeno Passo

"'Venha', respondeu ele. Então Pedro saiu do barco, andou sobre a água e foi na direção de Jesus." (Mateus 14:29)

Algumas pessoas criticam Pedro porque ele afundou em sua caminhada sobre as águas com Jesus. Mas, fora o próprio Jesus, Pedro foi o único que já andou sobre a água. E, aliás, não foi por presunção da parte de Pedro. Ele pediu permissão, e Jesus a concedeu.

Posso imaginar Pedro passando uma perna para fora do barco e experimentando apoiar o pé na água um pouquinho. Depois ele passa a outra perna. Logo está de pé na água. Ele dá um passo... depois outro.

Mas as ondas estavam altas, o mar estava agitado, e Pedro decerto pensou: "O que é que fui fazer?" Aí começou a afundar.

Quando ele gritou para Jesus, o Senhor estendeu a mão, segurou-o e o puxou para cima. Aí ele disse: "Homem de pequena fé, porque você duvidou?" (Mateus 14:31).

Acho interessante que no texto original "pequena fé" é uma palavra só. Há uma ternura implícita nessa linguagem, como se fosse um apelido. "Ô Pequena-Fé! Você estava indo tão bem! Estou muito orgulhoso de você, Pedro." Jesus o ergueu e eles caminharam de volta ao barco. Mas Pedro tinha dado um passo de fé.

Isso nos lembra que Deus pode pegar até uma pequena fé e torná-la grande se nós simplesmente dermos um passo de fé. Tantas vezes queremos ter todo um plano detalhado, mas comece só com um passo. Comece apenas por onde você estiver. Faça o que puder.

Você tem o seu mundo. Tem as suas oportunidades. Comece com alguém que você acha que precise de Cristo este ano. Ore por essa pessoa. Compartilhe com ela. E lembre-se de que as portas não necessariamente ficam sempre abertas. Tudo começa com um pequeno passo.

quarta-feira, 14 de março de 2018

Uma Porta Aberta Sem Precedentes

"Ao mesmo tempo, orem também por nós, para que Deus abra uma porta para a nossa mensagem, a fim de que possamos proclamar o mistério de Cristo, pelo qual estou preso. Orem para que eu possa manifestá-lo abertamente, como me cumpre fazê-lo." (Colossenses 4:3-4)

Jesus nos deu, como igreja, uma porta aberta sem precedentes. Lemos em Apocalipse 3:7: "O que ele abre ninguém pode fechar, e o que ele fecha ninguém pode abrir."

Se a chave é um símbolo de Sua autoridade, então a porta é um símbolo de oportunidade. A ideia de uma porta aberta é um conceito que é usado frequentemente no Novo Testamento. Paulo falou disso em 2 Coríntios 2:12: "Quando cheguei a Trôade para pregar o evangelho de Cristo e vi que o Senhor me havia aberto uma porta." Em Atos 14:27, Paulo e Barnabé falaram de uma porta de fé aberta aos gentios.

Devemos orar para que tais portas se abram em nossas próprias vidas. Na verdade, Paulo disse: "Orem também por mim, para que, quando eu falar, seja-me dada a mensagem a fim de que, destemidamente, torne conhecido o mistério do evangelho, pelo qual sou embaixador preso em correntes. Orem para que, permanecendo nele, eu fale com coragem, como me cumpre fazer." (Efésios 6:19-20).

Quando tenho uma pregação para um grande número de pessoas, às vezes as pessoas me perguntam como podem orar por mim. Minha resposta é a mesma de Paulo: primeiro, que Deus abra uma porta para falar por Ele e, segundo, que eu possa passar a Sua mensagem tão claramente quanto possível.

Todos devemos estar à procura de portas abertas. Não devemos descansar em realizações ou vitórias passadas. Precisamos estar procurando por oportunidades hoje e nos próximos dias que virão.

Veja, este ano, este mês, esta semana, pode ser a última oportunidade de entrar por uma porta aberta. Só porque uma porta está aberta agora não significa que ela permanecerá aberta para sempre.

Você vai procurar por essas portas abertas? Você vai procurar essas oportunidades? Você fará o que Deus lhe chamou para fazer?

terça-feira, 13 de março de 2018

Em Suas Mãos

"E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte." (Apocalipse 12:11)

Quão importante é para nós sabermos que nossas vidas pertencem a Deus. Deus decide o dia do nosso nascimento e o dia da nossa morte. Mas temos responsabilidade sobre o que acontece entre esses dois momentos.

Em Apocalipse 12:11, lemos sobre os santos durante a Tribulação, que "venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu testemunho; e não amaram as suas vidas até à morte." 

Eles não amaram as suas vidas até a morte. Esses crentes sabiam que suas vidas pertenciam a Deus. Eles sabiam que, como seguidores de Jesus durante o período da Tribulação, poderiam perder a vida. Eles também sabiam que seus tempos estavam nas mãos de Deus. Assim, eles falaram por sua fé em Cristo e, quaisquer que fossem as consequências, eles estavam prontos para enfrentá-las.

Uma história é contada a partir das páginas da história cristã sobre um crente que foi levado diante de um dos Césares. Foi-lhe dito para renunciar a sua fé e dar glória a César. O homem recusava.

Então o imperador disse-lhe: "Desista de Cristo, ou eu vou bani-lo".

O cristão disse: "Você não pode me banir de Cristo, porque Deus diz: 'Eu nunca vou deixá-lo e nem abandoná-lo'." 

O imperador disse: "Vou confiscar a sua propriedade".

O cristão respondeu: "Meus tesouros estão escondidos no céu. Você não pode tocá-los."

O imperador disse: "Eu vou matar você".

O cristão respondeu: "Estive morto neste mundo em Cristo por 40 anos. Minha vida está escondida com Cristo em Deus. Você não pode tocá-la."

O imperador voltou-se para alguns dos membros de sua corte e disse, com total desgosto: "O que você pode fazer com um fanático destes?"

Que Deus nos dê mais cristãos como este.

segunda-feira, 12 de março de 2018

O Poder de Um Testemunho

"Eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do testemunho que deram; diante da morte, não amaram a própria vida." (Apocalipse 12:11)

Eu tenho dito com frequência que a melhor defesa é o ataque. Ao invés de apenas tentar manter o nosso espaço como cristãos, deveríamos ganhar espaço. Deveríamos progredir. Devemos dizer às outras pessoas a respeito de Cristo.

Quando você se identifica como cristão, essa é uma boa maneira de passar uma imagem de pessoa de confiança, mesmo aos ateus. Ao dizer em seu trabalho "sou cristão", ou a familiares ou vizinhos "sou seguidor de Jesus", você está se firmando nessa posição e eles passarão a lhe observar e a avaliar dali pra frente.

E, objetivamente, eles estarão avaliando o próprio Deus. Estarão pensando: "Então é assim que um cristão age. É assim que um cristão trata a sua esposa. É assim que trata o seu marido. Entendi. É assim que um cristão cria os seus filhos. É assim que faz isso e aquilo..." Eles estarão vigiando. E não tem nada pior do que ter o seu comportamento corrigido por um não-cristão, especialmente quando eles estiverem certos.

Você faz algo inconsistente e seu amigo não-cristão diz: "Achei que você fosse cristão". Isso já aconteceu com você?

"Bem, eu sou cristão, louvo a Deus!"

"Então por que você fez isso?"

Talvez você devesse apenas dizer que foi porque pecou e agradecer o alerta.

Quando um cristão estiver caminhando junto com Deus, ele vai querer dizer a outros sobre Cristo.

Todos têm um testemunho, que é simplesmente a sua história. Você não precisa passar por adversidades para ter um testemunho. O que as pessoas diriam de você? Você tem um testemunho. A questão é se é um testemunho bom ou não.
Link para o texto original

sexta-feira, 9 de março de 2018

O Remédio Para os Nossos Pecados

"Pois quem obedece a toda a Lei, mas tropeça em apenas um ponto, torna-se culpado de quebrá-la inteiramente." (Tiago 2:10)

Apenas uma pessoa andou nessa Terra e obedeceu aos Dez Mandamentos integralmente: Jesus. Todos os outros falharam.

Quebramos os Dez Mandamentos de tantas maneiras que nem percebemos. Tomamos o nome do Senhor em vão. Temos outros deuses antes d'Ele. Mentimos. Talvez tenhamos roubado ou cometido adultério ou mesmo assassinato. No mínimo, temos cobiçado ou odiado. No entanto, a Bíblia diz que, se tropeçarmos em um ponto da lei, somos culpados de quebrá-la inteiramente (ver Tiago 2:10).

Então, por que Deus nos deu esses mandamentos? Eles não foram dados para nos tornar justos. Eles foram dados para nos mostrar que não somos justos. Eles foram dados para nos mostrar que ficamos aquém dos padrões de Deus. Eles foram dados para nos mostrar que precisamos de ajuda. Os mandamentos nos levam aos braços abertos de Jesus, que morreu na cruz por todos os nossos pecados.

A Bíblia diz: "E cancelou a escrita de dívida, que consistia em ordenanças, e que nos era contrária. Ele a removeu, pregando-a na Cruz" (Colossenses 2:14). O que isso significa é que Jesus tomou a pena dos mandamentos que dizem: "Aquele que pecar é que morrerá" (Ezequiel 18:20). Ele morreu em nosso lugar e absorveu a ira de Deus que deveria ter vindo sobre mim e sobre você.

Talvez você precise se arrepender de algum pecado. Deus vai te perdoar - mas você tem que admitir seu pecado, parar de inventar desculpas e de se afastar Dele. A Bíblia diz: "Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça." (1 João 1: 9).

quinta-feira, 8 de março de 2018

A Importância da Consciência

"Sendo assim, aproximemo-nos de Deus com um coração sincero e com plena convicção de fé, tendo os corações aspergidos para nos purificar de uma consciência culpada e tendo os nossos corpos lavados com água pura." (Hebreus 10:22)

Incomoda termos em nossa casa um alarme de fumaça hipersensível, que dispara a toda hora. Mas acho melhor ter um alarme de fumaça muito sensível do que ter um que não seja sensível o bastante.

Como crentes, queremos ter uma consciência trabalhadora. O apóstolo Paulo advertiu: "O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios. Tais ensinamentos vêm de homens hipócritas e mentirosos, que têm a consciência cauterizada" (1 Timóteo 4:1-2).

Se a sua consciência é sensível, isso é bom. Você não quer que ela seja cauterizada, como se um ferro quente fosse colocado sobre ela.

Ouvi a história de um homem que foi ao médico com as duas orelhas gravemente queimadas. O médico disse: "Você tem que me dizer: como isso aconteceu?"

O homem disse: "Deixe-me explicar. Eu estava passando uma camisa quando o telefone tocou e eu atendi com o ferro, ao invés do telefone".

"Isso é horrível!" o médico disse. "Isso explica que um de seus ouvidos esteja queimado, mas como você queimou o outro?"

"Eles ligaram de novo."

Não queremos que nossas consciências sejam cauterizadas. Queremos que sejam sensíveis e abertas ao trabalho do Espírito Santo.

Temos essa promessa em 1 João 1:7: "Se, porém, andamos na luz, como ele está na luz, temos comunhão uns com os outros e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado."

Uma vez que Jesus morreu na cruz e satisfez as justas exigências de Deus, você pode se aproximar do Senhor a qualquer momento, não importa o que tenha feito, desde que confesse o seu pecado e peça o Seu perdão.

quarta-feira, 7 de março de 2018

Permissão Necessária

"Certo dia os anjos vieram apresentar-se ao Senhor, e Satanás também veio com eles" (Jó 1:6).

O diabo não pode fazer nada na vida do cristão sem a permissão de Deus.

Isso pode ser uma surpresa para você, mas o diabo tem algum acesso ao Céu. Periodicamente, o diabo é chamado à presença de Deus. Nós temos um vislumbre dos bastidores disso no livro do Jó:

"Certo dia os anjos vieram apresentar-se ao Senhor, e Satanás também veio com eles. O Senhor disse a Satanás: 'De onde você veio?' Satanás respondeu ao Senhor: 'De perambular pela terra e andar por ela'." (Jó 1: 6-7)

Que descrição perfeita de Satanás - apenas vagando como um leão, verificando tudo, procurando por uma presa.

Então, Deus disse: "Reparou em meu servo Jó? Não há ninguém na terra como ele, irrepreensível, íntegro, homem que teme a Deus e evita o mal" (verso 8).

Em outras palavras, o diabo respondeu: "Dá um tempo! Jó teme você por nada? Ele teme você porque você colocou uma barreira de proteção ao seu redor".

O diabo queria atacar Jó, mas reconheceu que havia proteção em torno do servo de Deus.

E há proteção em torno de nós também. Quando o diabo tenta nos atacar, ele deve primeiro obter permissão de Deus. Ele não pode simplesmente percorrer as nossas vidas como bem entender. E saiba isso: o que Deus permite em sua vida, Ele permite com um propósito.

Às vezes, perguntamos a nós mesmos por que o Senhor permite tragédias em nossas vidas. Embora não possamos responder, o que sabemos é que: Deus nunca nos dará mais do que podemos suportar. E quando somos tentados, sempre há uma saída.

terça-feira, 6 de março de 2018

Igual a Deus Não Há

"Houve então uma guerra no céu. Miguel e seus anjos lutaram contra o dragão, e o dragão e os seus anjos revidaram." (Apocalipse 12:7 )

Em Apocalipse 12, há uma batalha acontecendo no céu entre o Arcanjo Miguel e o diabo. Estes dois anjos poderosos estão lutando um contra o outro, o que é irônico já que em outrora os dois estavam do mesmo lado.

Não é diferente da Guerra Civil estadunidense, quando o general Grant liderou as forças da União e o general Lee liderou as forças Confederadas. Antes disso, os dois serviram a Academia Militar dos Estados Unidos em West Point. Os dois serviram a própria nação juntos, na guerra Mexicano-Americana. Porém houve um momento em que eles se viram em lados opostos na Guerra Civil. Por fim, o general Grant ganhou do general Lee.

Da mesma forma podemos ver que o Arcanjo Miguel ganhou de Lúcifer e aqui está uma coisa que precisamos saber: de maneira nenhuma o diabo é igual a Deus.

O que sabemos sobre Deus é: Ele é onipotente, o que significa que ele tem poderes ilimitados. Ele é onisciente, o que significa que Seu conhecimento é ilimitado. E Ele é onipresente, o que significa que Ele está em todo lugar.

O diabo absolutamente não se compara a isso. O diabo certamente não é onipotente. Ele tem muito poder, mas nem se compara ao poder de Deus. Ele não é onisciente. O diabo certamente sabe muitas coisas, mas não sabe todas. Ele não é onipresente. Ele pode estar apenas em um lugar de cada vez. Então, quando dizemos que "o diabo está nos tentando", provavelmente é apenas um de seus ajudantes fazendo seu trabalho sujo. O que ele tem é uma rede de trabalhadores muito bem organizada, os anjos caídos, também conhecidos como demônios, que obedecem aos seus comandos.

O diabo nem sequer pode ser comparado a Deus. O diabo é poderoso, mas Deus é o todo poderoso! 

O diabo é um destruidor, mas no fim dos tempos Deus é quem o destruirá.

segunda-feira, 5 de março de 2018

Um Tipo Diferente de Batalha

"Pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais." (Efésios 6:12)

O capitão Scotty Smiley serviu a seu país com grande coragem, mas também teve que enfrentar grande adversidades. Foi um soldado de infantaria e um mergulhador de combate do exército dos Estados Unidos. O capitão Smiley também foi o primeiro oficial cego ativo do exército e seu primeiro comandante cego. Em abril de 2006, o capitão Smiley perdeu os dois olhos quando um suicida explodiu a si mesmo a 30 metros de seu veículo.

Ele enfrentou essa adversidade com grande fé e coragem, um exemplo para qualquer pessoa que tenha uma deficiência. Desde que perdeu a sua visão, ele escalou o Monte Rainier, completou um triatlo, saltou de para-quedas e concluiu um M.B.A. Ele foi nomeado "Soldado do Ano" em 2007 e escreveu a sua história em um livro chamado “Esperança Cega”. O capitão Smiley é um fantástico modelo de bravura e coragem no campo de batalha.

Como cristãos, também estamos em uma batalha, mas é uma batalha diferente. Não é uma batalha física, mas espiritual. E é muito real. A Bíblia nos diz que "a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais" (Efésios 6:12). Acho que nossas mentes explodiriam se Deus retirasse a cortina e nos permitisse ver o mundo espiritual - o mundo de Deus e de Satanás, o mundo dos anjos e dos demônios, o mundo do Céu e do Inferno.

Como costumamos dizer, a vida cristã não é um campo de diversão, mas em campo de batalha. Então, aqui está a nossa escolha: Ou vamos ganhar ou perder essa batalha. Ou vamos ganhar ou perder terreno. Ou vamos avançar ou recuar.

Qual será a sua escolha? Essa é uma decisão que todos precisamos tomar.

sexta-feira, 2 de março de 2018

Os Vencedores

"Portanto, irmãos, temos plena confiança para entrar no Santo dos Santos pelo sangue de Jesus, por um novo e vivo caminho que ele nos abriu por meio do véu, isto é, do seu corpo." (Hebreus 10:19-20)

Como se vence o diabo? No livro de Apocalipse somos apresentados a um grupo de fiéis capazes de fazê-lo: "Eles o venceram pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do testemunho que deram; diante da morte, não amaram a própria vida" (Apocalipse 12:11).

Eles o venceram pelo sangue do Cordeiro. Da próxima vez que o diabo vier tentar você a pensar que não é digno de se dirigir a Deus, eis o que aconselho: Concorde. Diga: "Tem razão. Não sou digno de me dirigir a Deus. Nunca fui digno de me dirigir a Deus. Nunca serei digno de me dirigir a Deus. Meu acesso à presença de Deus não é baseado no meu valor, mas no que Cristo fez por mim na cruz."

Às vezes, como cristãos, entramos numa mentalidade de que só se estivermos indo bem espiritualmente é que poderemos nos dirigir a Deus pela oração. Se acordarmos de manhã e lermos quatro capítulos da Bíblia, dermos graças nas refeições e compartilharmos nossa fé com alguém, aí é que achamos que podemos nos dirigir a Deus. Mas se no dia seguinte dormirmos sem ler a Bíblia, se esquecermos de dar graças nas refeições e não compartilharmos a fé, achamos que não somos dignos de nos dirigir a Ele.

Embora fazer essas coisas seja importante, aonde quero chegar é: o acesso a Deus esta aí para você incondicionalmente. Se você agiu bem, ótimo. Dirija-se a Deus. Mas, se pecou, então se dirija a Deus e diga: "Senhor, eu pequei. É por isso que preciso do sangue do Cordeiro."

O diabo sempre vai tentar afastar você da Cruz. Mas o Espírito Santo levará você até ela.

quinta-feira, 1 de março de 2018

O Acusador

"Então ouvi uma forte voz do céu que dizia: 'Agora veio a salvação, o poder e o Reino do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo, pois foi lançado fora o acusador dos nossos irmãos, que os acusa diante do nosso Deus, dia e noite'." (Apocalipse 12:10)

O romancista Victor Hugo, autor de "Os Miseráveis", disse: "Um bom general deve penetrar no cérebro de seu inimigo."

Precisamos saber como o diabo atua. O apóstolo Paulo, disse: "não ignoramos as suas intenções" (2 Coríntios 2:11).

O diabo ataca primeiramente por acusação. Lemos em Apocalipse 12:10: "Agora veio a salvação, o poder e o Reino do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo, pois foi lançado fora o acusador dos nossos irmãos, que os acusa diante do nosso Deus, dia e noite."

O diabo é o acusador dos irmãos. Primeiro ele vem com a tentação. De repente, um pensamento malvado e horrível é colocado na sua frente. Você pensa: não posso acreditar nisso! Uau! De onde veio isso?

Então o diabo diz: "Você está tão confuso! Qual é o seu problema? Por que você teria um pensamento tão horrível? E você se chama de cristão? Que tipo de cristão você é?"

É assim que o diabo trabalha. Mas a sua defesa contra as acusações dele é a intercessão de Jesus em seu favor. Ele disse uma vez a Pedro: "Simão, Simão, Satanás pediu vocês para peneirá-los como trigo" (Lucas 22:31). Mas então ele prosseguiu dizendo: "Mas eu orei por você, para que a sua fé não desfaleça [...]" (versículo 32).

Romanos 8:34 nos diz: "Quem os condenará? Foi Cristo Jesus que morreu; e mais, que ressuscitou e está à direita de Deus, e também intercede por nós". Na próxima vez que você for tentado, lembre-se disso: Jesus intercede por você no céu.
Link para o texto original