segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Fale a Respeito

"Vários dias depois, Félix veio com Drusila sua mulher, que era judia, mandou chamar Paulo e o ouviu falar sobre a fé em Cristo Jesus." (Atos 24:24)

Quando o apóstolo Paulo ficou face a face com o imperador Romano Félix e sua esposa, ele "se pôs a discorrer acerca da justiça, do domínio próprio e do juízo vindouro." (Atos 24:25)

Mas Félix estava apavorado pelas coisas que estava escutando de Paulo e disse-lh
e: "Basta, por enquanto! Pode sair. Quando achar conveniente, mandarei chamá-lo de novo" (Atos 24:25).

Isso é o que muitas pessoas falam: Vá embora. Não quero falar sobre isso agora.

Essa era a resposta da minha mãe todas as vezes que as conversas entravam num cunho espiritual. Ela acaba cortando o papo e dizendo: "Não quero falar sobre isso." Todas as vezes que entrávamos no assunto do sentido da vida ou do que acontece após a morte, ela dizia: "Não quero falar sobre isso."

Eu não queria entrar em confronto com ela toda vez que a via, mas, certa vez, eu me senti especialmente convicto que precisava visitá-la e trazer o assunto à tona mais uma vez. Quando eu cheguei, disse: "Quero conversar com você sobre eternidade."

"Não quero falar sobre isso", sua resposta.

Mas eu não estava baixando a guarda. Eu disse: "Mãe, hoje iremos falar sobre isso."

Ela não gostou. Mas tivemos a conversa, que resultou nela fazendo um novo compromisso com o Senhor. Fico muito feliz de termos tido esse momento, pois não muito depois ela morreu de forma inesperada.

Se você souber de alguém - pai, mãe, avô ou avó, ou alguém que esteja chegando perto do fim da vida - e se sentir convencido pelo Espírito Santo que deva ter essa conversa, vá tê-la. E se for estranho? Então será - e pode simplesmente resultar na pessoa fazendo um compromisso com Cristo.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário