quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Simplicidade Profunda

"Não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê: primeiro do judeu, depois do grego." (Romanos 1:16)

Minha neta Rafaela ouviu uma história na escola dominical sobre um menino que fugiu de casa. Então eu disse: "Bem, conte-me a história".

Ela me contou toda a história do filho pródigo: "Este menino fugiu de seu pai, e ele fez coisas ruins. E aí ele percebeu que o que fez estava errado e voltou para casa de seu pai."

- O que seu pai fez? Bateu nele?

- Não. Seu pai o abraçou, amou e beijou.

- Exato! E então, o que você acha que essa história significa? Quem é o pai?

- Bem, o pai é como Deus.

Ela entendeu. Jesus disse verdades tão profundas que as maiores mentes podem passar horas, até anos, discutindo-as, mas ao mesmo tempo tão simples que uma criança pode compreendê-las.

Um argumento filosófico tem seu lugar. No entanto, há poder na mensagem da vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo. E tenho aprendido que, se eu simplesmente proclamar essa mensagem, Deus fará coisas incríveis - não porque sou um grande pregador, mas porque tenho uma ótima mensagem e tenho confiança nela. Creio também que, quando eu proclamar, as pessoas responderão. E elas responderão porque trata-se do poder de Deus para a salvação de todos os que creem.

Podemos todos proclamar essa mensagem simples - tão simples que uma criança pode compreendê-la - porque é aí que está o poder. É isso que move as pessoas.

O apóstolo Paulo escreveu à igreja em Corinto: "Pois decidi nada saber entre vocês, a não ser Jesus Cristo, e este, crucificado" (1 Coríntios 2:2).

Uma mensagem evangelística sincera aponta para a cruz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário