quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Fé Real

"Eles pregaram as boas novas naquela cidade e fizeram muitos discípulos. Então voltaram para Listra, Icônio e Antioquia, fortalecendo os discípulos e encorajando-os a permanecer na fé, dizendo: 'É necessário que passemos por muitas tribulações para entrarmos no Reino de Deus'." (Atos 14:21-22)

Se a sua fé não pode passar por adversidades, então, com todo o respeito, posso dizer que ela não é uma fé real. Fé que não é testável é fé que não confiável. A fé real fica mais forte quando passa por dificuldades, e não mais fraca. Torna-se mais sólida; não desaparece.

Em Atos 14, lemos que Paulo e Barnabé incentivaram os cristãos a permanecer na fé, dizendo ser necessário passar por muitas tribulações para entrar no Reino de Deus (versículo 22).

Note que Paulo e Barnabé os encorajaram a continuar na fé - não em seus sentimentos. Emoções vão e vem. Há momentos em que você sente a presença de Deus, e há momentos em que não sente. Então o que você faz? Você segue em frente, porque "o justo viverá pela fé" (Romanos 1:17). Se sentimos ou não a presença de Deus hoje, pouco importa. Vamos seguir adiante, porque é uma caminhada de fé. Não se preocupe com as emoções. Não se concentre em emoções que variam. Lembre-se de que Deus está com você e um dia você se juntará a Ele em glória.

A. B. Simpson escreveu: "Antes era a bênção, agora é o Senhor. Antes era o que eu sentia; agora é a Palavra. Antes eu queria os dons; agora o Doador. Antes queria a cura; agora basta-me o próprio Jesus."

Quando você é um cristão jovem, você quer a benção, mas à medida que amadurece, você quer apenas Deus. Essa é uma marca da maturidade. Precisamos continuar na fé tanto quando o céu estiver azul como quando estiver nebuloso. Devemos seguir em frente quando nossa saúde estiver boa e também quando não estiver como costumava estar. Porque sabemos que no último dia tudo valerá a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário