sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

A Soberania de Deus

"Conforme as tuas ordens, tudo permanece até hoje, pois não há nada que não esteja a teu serviço." (Salmos 119:91)

O evangelho de Lucas conta a história de dez homens leprosos que precisavam de um toque de Jesus. A lepra era incurável. Eles pediram a Jesus uma cura e Ele a deu. Mas dos dez só um voltou para Lhe agradecer. Lemos que "Um deles, quando viu que estava curado, voltou, louvando a Deus em alta voz" (Lucas 17:15).

Antes, ele tinha orado em alta voz pedindo uma cura e agora estava louvando em alta voz. Adoro o fato de que, na língua original, terem sido usadas duas palavras para dar origem à nossa palavra "megafone." O homem falou alto agradecendo o que Jesus tinha feito por ele.

Como cristãos, devemos dar graças a Deus porque reconhecemos que Ele está no controle de todas as circunstâncias de nossas vidas. Como Provérbios 16:9 nos lembra, "Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o Senhor determina os seus passos."

Deus é soberano, o que significa que Deus pode fazer o que quiser com quem quer que Ele escolha, quando bem desejar. O profeta Jeremias disse: "Eu sei, Senhor, que a vida do homem não lhe pertence; não compete ao homem dirigir os seus passos" (Jeremias 10:23). E lemos em Provérbios 20:24: "Os passos do homem são dirigidos pelo Senhor. Como poderia alguém discernir o seu próprio caminho?" Essa é a soberania de Deus.

Mas e quanto às coisas ruins que acontecem? Deus ainda está no comando? Sim. A Bíblia nos diz que, apesar de coisas ruins acontecerem, muitas delas inexplicáveis, Deus pode fazer com que todas as coisas cooperem para o bem daqueles que O amam (ver Romanos 8:28). Como o salmista escreveu, não há nada que não esteja a Seu serviço (Salmo 119:91).

Nenhum comentário:

Postar um comentário