sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Sobre as Pedras

"As que caíram sobre as pedras são os que recebem a palavra com alegria quando a ouvem, mas não têm raiz. Crêem durante algum tempo, mas desistem na hora da provação." (Lucas 8:13)

Algumas pessoas gostam da ideia de ter seus pecados perdoados e ir para o céu, mas quando ouvem sobre o comando de Jesus para negar a si mesmos, pegar a sua cruz e segui-Lo, a sua resposta é "Não sei... isso parece meio pesado demais. Não sei se quero fazer isso." E então elas se afastam.

Creio que se alguém confessa a sua fé, cai, e nunca retorna, não é uma questão de perder a salvação; é uma questão de alguém que na verdade nunca esteve salvo. Baseio-me no que está escrito em 1 João 2:19: "Eles saíram do nosso meio, mas na realidade não eram dos nossos, pois, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco; o fato de terem saído mostra que nenhum deles era dos nossos."

Porém, estou ciente de que você pode fazer um compromisso com Cristo, cair e depois retornar. O filho pródigo sempre volta pra casa. Mas as pessoas que saem e nunca voltam não são pródigas. Na verdade elas nunca creram. Se tivessem crido, voltariam.

Talvez a falta de fé os tenha levado a se desviar. Todo novo cristão será testado em sua fé. E uma das primeiras coisas que o diabo sussurra no ouvido de um recém cristão é "você realmente pensa que Deus o salvou? Não é verdade. Toda essa coisa de cristianismo não é real."

Mas a garantia da nossa salvação não é baseada em nossas emoções; é baseada no que a Palavra de Deus  diz. Nossa confiança deveria estar no próprio Cristo. E quando nos fundamentarmos Nele, estaremos prontos para enfrentar qualquer tempestade.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário