terça-feira, 17 de outubro de 2017

Tudo Começa Com o Importar-se

"Indo Filipe para uma cidade de Samaria, ali lhes anunciava o Cristo." (Atos 8:5)

No livro de Atos, encontramos essa história sobre Filipe, um dos discípulos de Jesus:

"Indo Filipe para uma cidade de Samaria, ali lhes anunciava o Cristo. Quando a multidão ouviu Filipe e viu os sinais miraculosos que ele realizava, deu unânime atenção ao que ele dizia. Os espíritos imundos saíam de muitos, dando gritos, e muitos paralíticos e mancos foram curados. Assim, houve grande alegria naquela cidade" (Atos 8:5-8). 

Filipe tinha piedade dos não crentes. Considere por um momento onde ele estava indo: Samaria. Sendo um judeu, Filipe normalmente não tinha nada a fazer com os samaritanos. Na verdade, ele estava indo para os inimigos de Israel. Os judeus desprezavam os samaritanos e vice-versa.

Na conversa de Jesus com a mulher no poço de Samaria, ela disse-lhe: "Como o senhor, sendo judeu, pede a mim, uma samaritana, água para beber?" (João 4:9).

Filipe estava disposto a transpassar as linhas culturais com a mensagem do evangelho e a chegar ao povo samaritano. Filipe tinha piedade dos não-crentes, assim como nós também devemos ter.

Alexander Maclaren disse: "Diga-me a profundidade da compaixão de um cristão e eu lhe direi a medida da sua utilidade."

Podemos conversar durante o dia todo sobre técnicas para compartilhar a nossa fé e ter as respostas certas para certas perguntas, mas se não nos importarmos com as pessoas não-crentes, nada disso vai realmente importar.

As pessoas não se importam com o quanto você sabe, até saberem o quanto você se importa. Compartilhar o evangelho começa com o importar-se com o outro.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário