sexta-feira, 20 de outubro de 2017

A Igreja Triunfante

"De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos perplexos, mas não desesperados; somos perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não destruídos." (2 Coríntios 4:8-9)

Houve um período na história da igreja que se estendeu do ano 100 DC ao ano 314 DC, durante o qual milhares e milhares de corajosos cristãos selaram seu destino com seu sangue. Os historiadores seculares concordam que houve 10 grandes perseguições - 10 grandes tentativas de eliminar o cristianismo da face da Terra.

Isso começou com o perverso César Nero, que presidiu a morte de Paulo. Os cristãos foram jogados de comida para animais selvagens. Eles foram mortos nas arenas romanas por esporte. Foram destruídos, torturados, queimados em estacas. O imperador romano Diocleciano achou que teve tanto sucesso na erradicação do cristianismo que mandou produzir uma moeda comemorativa com as palavras: "A religião cristã está destruída e a adoração dos deuses [romanos] está restaurada". Bem, as coisas não aconteceram bem assim como Diocleciano pensava, porque a igreja cristã permanece até os nossos dias. E o que restou do império romano? O que restou de César? Como Jesus disse sobre a Sua igreja: as portas do inferno não poderão vencê-la (ver Mateus 16:18).

Quando alguém zomba de nós, nos critica ou quer nos machucar fisicamente porque somos seguidores de Jesus Cristo, tendemos a pensar que isso é a pior coisa que pode acontecer. Mas também é um emblema de honra, porque, se você é perseguido, isso significa que está fazendo algo certo.

Deus permitirá perseguições em nossas vidas. A Bíblia diz: "De fato, todos os que desejam viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos." (2 Timóteo 3:12).

Somos rápidos em nos lembrar das promessas de provisão e proteção de Deus, mas não estamos tão ansiosos para nos agarrarmos às promessas de Deus sobre perseguições.
Mas isso pode ter um impacto positivo em nossas vidas.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário