terça-feira, 12 de setembro de 2017

O Terceiro Céu

"Conheço um homem em Cristo que há catorze anos foi arrebatado ao terceiro céu. Se foi no corpo ou fora do corpo, não sei; Deus o sabe." (2 Coríntios 12:2)

Li um artigo sobre uma fundação privada de astrônomos e ex-astronautas que estão construindo um telescópio espacial que vai orbitar o sol e rastrear corpos celestes que possam ameaçar a vida na terra. Um astronauta citado disse que nas primeiras três semanas de operação eles iam encontrar mais asteroides do que já foram encontrados nos últimos 200 anos.

Mas sabe o que eles não vão encontrar? O terceiro céu.

De acordo com a Bíblia, há três céus. Paulo escreve sobre isso em 2 Coríntios 12: "Conheço um homem em Cristo que há catorze anos foi arrebatado ao terceiro céu. Se foi no corpo ou fora do corpo, não sei; Deus o sabe. E sei que esse homem — se no corpo ou fora do corpo, não sei, mas Deus o sabe — foi arrebatado ao paraíso e ouviu coisas indizíveis, coisas que ao homem não é permitido falar" (versículos 2-4).

O que são os três céus? O primeiro Céu é o que vemos, a atmosfera, as nuvens. Se você fosse caminhar lá fora e olhasse para cima, esse que ia ver seria o primeiro Céu. Aí vem o segundo Céu, que seria tudo no cosmos — basicamente, as coisas acima da atmosfera da terra: a lua, o sol, as estrelas, os planetas, as galáxias, e assim por diante. Mas o terceiro Céu, diferentemente, é o lugar em que está o próprio Deus.

Lembro-me de ter lido sobre um astronauta russo que, ao comentar sobre a sua experiência no espaço, disse: "Não vi Deus lá em cima".

É porque não dá para enxergar o terceiro Céu.

Muitas vezes pensamos que o terceiro Céu fica distante, para além das galáxias. Mas acho que o terceiro Céu pode estar mais próximo do que imaginamos. Seja como for, ou esteja onde estiver, é o lugar onde está o próprio Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário