segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Foi Isso Mesmo Que Deus Disse?

"Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais selvagens que o Senhor Deus tinha feito. E ela perguntou à mulher: 'Foi isto mesmo que Deus disse: Não comam de nenhum fruto das árvores do jardim?'" (Gênesis 3:1)

Certa vez o comediante W. C. Fields foi encontrado folheando a Bíblia. Quando perguntado o que estava fazendo, ele respondeu: "Procurando por lacunas".

Acho que o diabo tem lido a Bíblia há muito tempo e ele procura por falhas. Ele irá citar mal a Bíblia. Ele irá distorcê-la. E isso é o que muitos cultos fazem. Eles tomarão as Escrituras e misturarão certos elementos da verdade com erros suficientes para destruir espiritualmente uma pessoa.

Quando o diabo tentou Eva no Jardim do Éden, ele distorceu as palavras de Deus. Ele distorceu o convite positivo de Deus para comer de todas as árvores, com uma única exceção. Ele a transformou em uma proibição negativa que foi projetada para lançar dúvidas sobre a bondade de Deus.

As primeiras palavras do diabo para Eva terminaram em um ponto de interrogação, destinado a fazer com que ela duvidasse do amor de Deus: "Foi isto mesmo que Deus disse: ‘Não comam de nenhum fruto das árvores do jardim’?" (Gênesis 3:1).

Note que ele estava citando Deus, mas distorceu completamente o que Ele havia dito. A declaração original de Deus a Adão foi: "E o Senhor Deus ordenou ao homem: 'Coma livremente de qualquer árvore do jardim, mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certamente você morrerá'" (Gênesis 2:16-17).

O diabo não negou o que Deus falou. Ele simplesmente questionou se Deus realmente havia dito o que Eva pensou que Ele havia dito. Então questionou o amor de Deus. Ele queria fazer crer que Deus estava sugerindo algo de volta. Finalmente, ele colocou a sua própria mentira.

Eva tinha uma escolha. Ela poderia acreditar no que ele estava dizendo, ou poderia rejeitá-lo. Nós também temos essa escolha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário