terça-feira, 19 de setembro de 2017

Deixe Deus Cobrir

"Somos como o impuro — todos nós! Todos os nossos atos de justiça são como trapo imundo. Murchamos como folhas, e como o vento as nossas iniquidades nos levam para longe." (Isaías 64:6)

Quando Moisés viu um dos seus companheiros hebreus sendo espancado por um egípcio, a Bíblia nos diz que ele "correu o olhar por todos os lados e, não vendo ninguém, matou o egípcio e o escondeu na areia" (Êxodo 2:12). O problema com a areia, especialmente no Egito, é que o vento sopra. Moisés deveria ter olhado para cima, ao invés de olhar para os lados.

Quando pecamos, nossa tendência é sempre tentar esconder.

Esse foi o caso de Adão e Eva. Quando fizeram o que Deus lhes disse para não fazerem, eles tentaram esconder os seus pecados: "Os olhos dos dois se abriram, e perceberam que estavam nus; então juntaram folhas de figueira para cobrir-se" (Gênesis 3:7).

Podemos achar um pouco engraçada a ideia de usar folhas de figueira como roupas, mas fazemos o mesmo quando tentamos cobrir os nossos pecados. É a nossa tendência natural.

A escolha mais comum para cobrir o pecado são boas obras. Sabemos que pecamos, mas vamos fazer coisas boas para Deus. Vamos frequentar a igreja duas vezes nesta semana. Vamos colocar um pouco mais de dinheiro na oferta. Vamos ler mais alguns capítulos da Bíblia. Faremos isso e aquilo para Deus...

Isso é como tentar viver no mundo real com o dinheiro do "Banco Imobiliário". Você pode ter seus hotéis na Avenida Paulista, mas no final das contas esse dinheiro não é real. Não vai funcionar no mundo real.

A Bíblia diz que nossa justiça é como trapo imundo para Deus (veja Isaías 64:6). Deus é quem deve fazer a limpeza - não nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário