terça-feira, 15 de agosto de 2017

Vara e Cajado

"A tua vara e o teu cajado me protegem." (Salmos 23:4)

A Bíblia fala muito sobre ovelhas, e menciona o fato de que nós mesmos somos como ovelhas. Ela também diz: "Todos nós, tal qual ovelhas, nos desviamos, cada um de nós se voltou para o seu próprio caminho [...]" (Isaías 53:6). A questão com as ovelhas é que elas precisam de pastores ao redor delas o tempo todo, guiando-as, protegendo-as e ajudando-as.

Uma das passagens mais conhecidas da Bíblia sobre as ovelhas é o Salmo 23, escrito por Davi, um pastor. Começa: "O Senhor é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome." (Salmos 23:1-3).

As ovelhas precisam ser orientadas sobre quando é a hora de comer. E precisam ser informadas sobre quando é hora de se deitar e sobre quando beber um pouco de água. Elas não têm como se defender. Precisam do pastor para protegê-las, assim como nós também precisamos do nosso Pastor para nos proteger.

Mas Davi continua dizendo: "Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam." (Salmos 23:4)" 

Um pastor usaria um cajado para manter as ovelhas onde elas deveriam estar, para guiá-las. Da mesma forma, às vezes, quando nos desviamos, Deus deve usar um cajado para nos trazer de volta.

Se o cajado não funcionasse, no entanto, o pastor tinha em mãos outro instrumento: uma vara. Um pastor usaria uma vara quando a situação fosse séria.

Às vezes, Deus usará um cajado em nossas vidas. Mas às vezes Ele terá que usar uma vara.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário