quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Lugares Ruins Para se Estar

"Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores!" (Salmos 1:1)

Quando você sair com as pessoas erradas no lugar errado e na hora errada, será apenas uma questão de tempo até você fazer a coisa errada.

Após a prisão de Jesus, encontramos Pedro andando no pátio de Caifás, o sumo sacerdote, onde havia uma fogueira - o fogo do inimigo. Era um lugar ruim para se estar.

O Salmo 1 diz: "Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores! Ao contrário, sua satisfação está na lei do Senhor, e nessa lei medita dia e noite." (versículos 1-2).

Pedro estava com essas pessoas ímpias. E alguém o reconheceu como um dos seguidores de Jesus. Um pouco mais tarde, alguém o notou e também afirmou que Pedro estava na companhia de Jesus. Então outra pessoa o viu e disse que Pedro devia ser um dos discípulos de Jesus; Seu sotaque galileu o afastou. E a Escritura nos diz que Pedro jurou que ele não era um dos seguidores de Jesus, negando-o três vezes.

Então o galo cantou, assim como Jesus havia dito. E o Evangelho de Lucas nos diz: "O Senhor voltou-se e olhou diretamente para Pedro [...]" (Lucas 22:61).

Penso que quando Jesus olhou para Pedro, ele o olhou com amor, porque Jesus viu o seu potencial. Não esqueçamos que Jesus mudou o nome de Simão para Pedro, o que significava "rocha". Isso é estabilidade. Isso é confiabilidade.

Mas levaria um tempo para que Pedro crescesse proporcionalmente ao seu novo nome. Naquele momento ele se sentia desanimado, como se ele fosse um fracasso. Ele saiu e chorou amargamente. Havia esperança para ele? Sim, havia - por causa da ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário