segunda-feira, 17 de julho de 2017

Um Amor Eterno

"Eu a amei com amor eterno; com amor leal a atraí." (Jeremias 31:3)

Às vezes podemos pensar que precisamos fazer certas coisas para merecer o amor de Deus. Mas precisamos nos lembrar de que o amor de Deus é constante e persistente. Deus diz: "[...] Eu a amei com amor eterno; com amor leal a atraí." (Jeremias 31:3).

Que contraste, quando comparamos o amor de Deus com o suposto amor de nossa cultura. Nossa cultura ama você quando você é jovem e bonito, mas Deus ama você quando você é velho e não tão belo. Nosso mundo ama você quando você é uma celebridade, mas Deus ama você quando você é um desconhecido, um completo Zé Ninguém. Nosso mundo ama os ricos e poderosos, mas Deus ama os pobres e fracos. Nosso mundo ama o extraordinário, mas Deus ama o comum — gente como você e eu.

E Deus demonstrou esse amor por nós de um modo palpável. Jesus disse: "Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos" (João 15:13). Jesus, mostrando Seu amor, morreu por nós. Lemos em Apocalipse 1:4-5: "[...] Graça e paz seja convosco da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono; E da parte de Jesus Cristo, que é a fiel testemunha, o primogênito dentre os mortos e o príncipe dos reis da terra. Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados."

Note o uso do tempo pretérito, que significa que isso já aconteceu. Se você tiver posto sua fé em Cristo, Deus lhe perdoou de todo mal que você já fez, através de Jesus Cristo. Ele amou você. E Ele sempre amará você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário