quarta-feira, 5 de julho de 2017

Sem Necessidade de Permissão

"'Pois os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos', declara o Senhor. 'Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os seus pensamentos.'" (Isaías 55:8-9)

Algumas pessoas hoje cantam os louvores de um Jesus que lhes dará riqueza, sucesso e felicidade, mas recuam de um Cristo que exija obediência, compromisso e morte para si mesmo. Como resultado, elas têm um conceito falso de Deus.

Tais pessoas querem um deus que faça o que elas querem e quando elas querem. Elas querem estar no comando. Isso é demonstrado em declarações como: "Bem, estou louco da vida com Deus. Ele me decepcionou." Tenho ouvido até pessoas dizerem que precisam perdoar Deus. Acho que loucura são declarações como essas. Quem elas pensam que são para dizer que estão loucas da vida com Deus? Romanos 9:20 diz: "Mas quem é você, ó homem, para questionar a Deus? Acaso aquilo que é formado pode dizer ao que o formou: 'Por que me fizeste assim?'" 

Somos o barro, Ele é o oleiro. Somos as ovelhas, Ele é o Pastor. Somos os ramos, Ele é a videira. Somos os receptores, Ele é o doador. Ele é Deus. E precisamos entender isso de uma vez por todas.

Não acho que haja algo errado em dizer que não entendemos por que as coisas nos acontecem na vida ou que estamos tristes, até decepcionados, com certas circunstâncias. Nem acho que haja algo de errado em perguntar por que. Mas dizer que você está louco da vida com Deus é loucura para mim.

Quando alguém diz que perdeu a fé diante de uma determinada crise, provavelmente nunca teve fé realmente, pra começar. A fé que pode ser perdida não é fé. E a fé que não pode ser testada é a fé que não se pode confiar.

Deus pode fazer o que bem entender, com quem Ele quiser e sempre que quiser. Ele não precisa absolutamente da nossa permissão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário