sexta-feira, 28 de julho de 2017

Pequenas Sujeiras

“Então ele entrou no templo e começou a expulsar os que estavam vendendo. Disse-lhes: 'Está escrito: A minha casa será casa de oração; mas vocês fizeram dela um covil de ladrões'” (Lucas 19:45-46)

Minha esposa Cathe e eu somos opostos quando se trata de limpeza. Minha abordagem poderia ser resumida no lema do procrastinador: Nunca faça hoje o que você pode deixar para amanhã. A abordagem de Cathe é a de constantemente limpar e organizar, de forma que, com o tempo, pequenas sujeiras não se transformem em grandes sujeiras. Obviamente a abordagem dela é melhor.

Em Lucas 19 encontramos uma história sobre Jesus limpando a casa de Deus na medida em que Ele expulsava os cambistas. Esses mercadores que faziam troca de moedas estavam se aproveitando das pessoas e as afastando de Deus e Jesus irou-se com isso.

Esta é a segunda vez nas Escrituras onde vemos jesus limpando o templo. No evangelho de João lemos que Ele usou cordas para expulsar esses cambistas. Pequenas sujeiras se transformam em grandes sujeiras, por isso Jesus chegou para limpar a casa novamente.

Acredito que haja um paralelo com as nossas vidas. Quando chegamos até Cristo inicialmente, pedimos pelo Seu perdão e Ele nos perdoa de todas as nossas iniquidades. De fato, 2 Coríntios 5:17 nos diz que: “Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!” Que coisa maravilhosa é perceber que Deus nos perdoou de todos os nossos pecados.

Mas à medida que o tempo passa, algumas vezes aqueles pecados encontram um caminho de volta para as nossas vidas. E então aquele “pequeno” pecado começa a crescer e tornar-se um problema. O seu templo precisa de uma limpeza? Existem coisas na sua vida que não deveriam estar no lugar em que estão nesse momento? Alguns vícios, hábitos ruins? Em caso afirmativo, encare essa situação agora mesmo. Não deixe que pequenas sujeiras se transformem em grandes sujeiras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário