sexta-feira, 21 de julho de 2017

O Grande Problema

"Atente bem para a sua própria vida e para a doutrina, perseverando nesses deveres, pois, fazendo isso, você salvará tanto a si mesmo quanto aos que o ouvem." (1 Timóteo 4:16)

Em Apocalipse 2, Jesus advertiu a igreja de Eféso que havia deixado seu primeiro amor. Podemos nos perguntar: Será que é um grande problema deixar o seu primeiro amor? Não é como se os efésios fizessem algo realmente ruim, como assassinar, roubar ou cometer adultério.

Mas é um grande problema, porque é uma ruptura que mais adiante leva a outras coisas. Se temos uma quebra em uma área de nossas vidas, podemos nos encontrar na direção errada.

Por exemplo, você pode estar na melhor forma externa, mas se você tem uma doença no coração, você tem um problema. O mesmo pode ser verdade em nossas vidas espirituais. Podemos fazer todas as coisas certas externamente e ainda ter um problema de coração. E se houver uma falha em nossos corações, isso afetará todas as áreas de nossas vidas.

Um exemplo perfeito é Davi, o grande rei de Israel. Quando somos apresentados a ele pela primeira vez, ele é um jovem pastoriando suas ovelhas, compondo belas canções de adoração a Deus. Muitas destas são registradas no livro dos Salmos. Foi Davi quem escreveu o Salmo 23: "O Senhor é o meu pastor e nada me faltará." Lemos essas belas canções e vemos que ele tinha um coração focado em Deus. É por isso que a Bíblia o descreve como o doce salmista de Israel e o homem segundo o coração de Deus.

Mas como adorar a Deus no deserto e depois matar um homem e roubar sua esposa? Davi deixou o seu primeiro amor. Simples assim.

Quando você abandona o seu primeiro amor por Deus, quando há esse colapso espiritual, é apenas uma questão de tempo até que outros problemas venham.

Nenhum comentário:

Postar um comentário