sexta-feira, 23 de junho de 2017

O Plano de Deus Sobre Nós

"Senhor meu Deus! Quantas maravilhas tens feito! Não se pode relatar os planos que preparaste para nós! Eu queria proclamá-los e anunciá-los, mas são por demais numerosos!" (Salmos 40:5)

Diz-se que o homem pode viver 40 dias sem comida, três dias sem água, oito minutos sem ar e cerca de um segundo sem esperança. Todos nós precisamos de esperança para viver.

Ter esperança não significa andar por aí com um sorriso permanente no rosto. Nem significa que você não sente o que as outras pessoas sentem. Esperança e dor podem coexistir.

Eis o que Deus disse aos israelitas quando eles estavam vivendo no cativeiro babilônico: "'Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês', diz o Senhor, 'planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.'" (Jeremias 29:11)

Eles sentiram que Deus havia se esquecido deles e os tinha abandonado. Assim, o Senhor disse: "Ei, todos, ouçam: eu conheço os planos que tenho sobre vocês. São planos de paz, não de mal, para lhes dar um futuro e uma esperança." Ele basicamente estava dizendo a Israel que seus dias não estavam acabados. Ele tinha um futuro para eles. E Deus está dizendo o mesmo para nós.

Teria sido suficiente se Deus tivesse dito: "Conheço o único plano que tive para você por um momento passageiro." Você não ficaria feliz em saber que o Deus Todo-Poderoso, Criador do universo, teve um único plano para você? Eu iria. Mas isso não é o que Ele disse.

Deus disse: "Eu conheço os planos que tenho para vocês." Ou seja, planos, plural - mais do que um. Note também o uso do tempo presente: "Eu sei os planos que tenho sobre vocês." Os planos são o que Deus pensou, o que Ele está pensando, e o que Ele ainda pensará. E seus planos são bons.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário