segunda-feira, 19 de junho de 2017

Não é o Fim

"Desde os tempos antigos ninguém ouviu, nenhum ouvido percebeu, e olho nenhum viu outro Deus, além de ti, que trabalha para aqueles que nele esperam." (Isaías 64:4)

O Paraíso é a oportunidade de desenvolver e preencher sonhos maiores do que qualquer coisa que exista no mundo. Se não alcançamos algo na terra, ainda o podemos depois.

É importante perceber isso porque existem pessoas que têm vidas muito difíceis. Há pessoas que têm uma vida breve. Não consigo pensar em algo mais triste do que quando uma criança morre ou quando uma jovem mulher nos deixa num momento que consideramos “antes da hora”.

Mas Deus promete compensar. Deus promete ir até eles. Morte para os Cristãos não é o fim da vida, mas a continuação da vida em outro lugar.

Estaremos melhor na eternidade, pois o nosso sofrimento é temporário. Pensamos no aqui e agora, mas Deus pensa na eternidade. Pensamos de forma temporal, e Deus de forma eterna. Pensamos no que nos faz feliz, mas Deus pensa naquilo que nos fará santos. Ele olha para a vida como um todo.

E neste plano e propósito de Deus podem acontecer coisas pelas quais eu tenha que passar e que não façam sentido pra mim no momento. Mas quando chegar nos Céus, vou perceber que me tornei melhor por causa dessas coisas. Vou perceber que fui transformado na imagem de Jesus Cristo como resultado daquilo que passei. Vou descobrir que novas oportunidades de ministério foram abertas, e que isso não teria ocorrido caso essas coisas não tivessem ocorrido.

Haverá algo sobre essas coisas que me fará olhar para trás e dizer: “Agora eu entendo porque Deus permitiu que essas coisas acontecessem comigo”. Então tudo será resolvido. E acho que este argumento de que existe um bem maior é algo muito sólido que encontramos na Bíblia quando pensamos no por quê de Deus permitir nosso sofrimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário