quarta-feira, 12 de abril de 2017

Pelo Bem da Justiça

“Enquanto Pedro e João falavam ao povo, chegaram os sacerdotes, o capitão da guarda do templo e os saduceus. Eles estavam muito perturbados porque os apóstolos estavam ensinando o povo e proclamando em Jesus a ressurreição dos mortos.” (Atos 4:1-2)

Vou dizer uma coisa que vai parecer-lhe uma surpresa: se você é um Cristão e todos gostam de você, provavelmente não está fazendo algo direito. Se ninguém jamais se sente ofendido por aquilo que você diz ou faz, eu devo perguntar: com que intensidade você está seguindo a Jesus Cristo?

Jesus disse: “Ai de vocês, quando todos falarem bem de vocês, pois assim os antepassados deles trataram os falsos profetas.” (Lucas 6:26) Quando você está com Jesus e é, efetivamente, como Ele, você será tratado da mesma forma como Ele foi tratado.

E como Jesus foi tratado? Não muito bem, não é mesmo? Ele teve uma popularidade temporária, mas as multidões se voltaram contra Ele. E aqui está o que Jesus nos disse: “nenhum escravo é maior do que o seu senhor. Se me perseguiram, também perseguirão vocês. Se obedeceram à minha palavra, também obedecerão à de vocês. Tratarão assim vocês por causa do meu nome, pois não conhecem aquele que me enviou.” (João 15:20-21)

Nosso trabalho não é ficar de bem com todo mundo. Nosso trabalho é caminhar com Deus e tentar alcançar a todos. Algumas vezes isso fará com que as pessoas fiquem zangadas quando falarmos algo com o qual elas discordem. Podemos fazer isso com amor. Podemos fazer isso com compaixão. Mas devemos fazer isso de uma forma direta.

O que me preocupa é que muitas vezes somos perseguidos pelas razões erradas. Por vezes tenho visto Cristãos que são perseguidos porque são ofensivos de forma desnecessária. Então, seja uma pessoa agradável. Seja amigável. Seja uma pessoa amável. E seja perseguido pelo bem da justiça, porque você é um seguidor de Jesus Cristo e está refletindo a Sua luz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário