quinta-feira, 2 de março de 2017

Orientação Garantida

"Pensem nisto, pois: Quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado." (Tiago 4:17)

Às vezes, clamamos a Deus: "Senhor, mostra-me a tua vontade – mas me mostre agora!" Só que, enquanto isso, estamos segurando a resposta bem nas nossas mãos. A vontade de Deus é revelada nas páginas da bíblia.

Seria como esperar por uma carta contendo instruções que lhe digam o que deve fazer, e quando a carta finalmente chega, você a segura na mão, nunca abre e se pergunta por que não conseguiu as informações de que precisava.

Da mesma forma, Deus revelou o Seu plano e o Seu propósito, mas devemos estudar a bíblia para saber o que eles são.

Davi orou: "Ensina-me a fazer a tua vontade" (Salmo 143:10). Note que ele não disse: "Ensina-me a compreender a tua vontade". Em vez disso, ele disse: "Ensina-me a fazer a Tua vontade". Isso pressupõe que não se trata de informação, mas de obediência. Às vezes, penso que o problema não é que não conheçamos a vontade de Deus, mas sim de que não gostamos da vontade dEle.

Tenho uma netinha que pratica a audição seletiva. Ela me ouve quando digo algo que ela gosta, como: "Vamos ver um desenho animado." Mas quando eu digo a ela para fazer algo que ela não quer fazer, de repente é como se eu nunca tivesse falado aquilo.

Às vezes, somos desse jeito com Deus. Não é que não conheçamos a Sua vontade. Não gostamos é dela. Mas Tiago 4:17 nos diz: "Quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado".

Você conhece alguma coisa que seja a vontade de Deus para a sua vida e não a está fazendo? A obediência à verdade revelada, garante orientação em assuntos não revelados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário