quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Nenhuma Alegria Maior

"Eu lhes digo que, da mesma forma, haverá mais alegria no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não precisam arrepender-se". (Lucas 15:7)

Não sei de alegria maior nesta terra, além da de ser cristão, do que a de levar alguém a Cristo. Ela é inacreditavelmente grande. Jesus disse que há alegria no céu por um único pecador que se arrepende (Lucas 15:7). Pense nisso: um só pecador. Os céus irrompem por uma só pessoa. Quer dizer que há muito aplauso nos céus cada vez que alguém crê. Esse é o coração de Deus - e deve ser o nosso também.

Se sou um discípulo verdadeiro, faço de outras pessoas discípulos — efetivamente me replico. Isso nos leva àquilo que Jesus disse: Vão a todo o mundo e preguem o evangelho (ver Mateus 28:19-20).

Como você está nesse aspecto? Você está indo a todo o seu mundo e pregando o evangelho? Está fazendo discípulos? Novos crentes precisam de você, e você precisa deles. E, como eu já disse várias vezes, temos uma escolha a fazer: evangelizar ou fossilizar. Se não tomarmos o que Deus nos deu e compartilharmos com outros, podemos de fato chegar a um estado de estagnação.

Podemos receber a Palavra de Deus e, se não fizermos nada com ela, ficar letárgicos e até lerdos. Não precisamos necessariamente de mais comida. Precisamos fazer algo com ela. Fomos abençoados para sermos uma bênção. Recebemos dela e devemos compartilhá-la. E à medida que repartimos essas verdades com outros, isso nos energiza.

Pode parecer uma tarefa intimidante, mas quando Jesus comissionou os seus discípulos a irem a todo o mundo, Ele também prometeu dar-lhes o poder para fazê-lo. Esse poder foi derramado no dia de Pentecostes e a igreja foi posta em movimento. E aquele mesmo poder que começou na igreja no Pentecostes está disponível para nós hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário