terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Últimas Palavras

"A vida do homem é semelhante à relva; ele floresce como a flor do campo, que se vai quando sopra o vento e nem se sabe mais o lugar que ocupava. Mas o amor leal do Senhor, o seu amor eterno está com os que o temem, e a sua justiça com os filhos dos seus filhos." (Salmos 103:15-17)

Li um artigo sobre um tenor de ópera chamado Richard Versailles, que subiu uma escada enquanto cantava o trecho "Pena que não possamos viver por mais tempo". Logo em seguida, ele teve um ataque cardíaco e morreu. Ironicamente, essas foram suas últimas palavras.

Um dia, todos iremos dizer nossas últimas palavras. Talvez você saiba quando as estiver dizendo. Talvez não. Então quais seriam as suas últimas palavras? Como você faria um resumo de sua vida?

Talvez você esteja vivendo com culpa agora. Talvez o peso de seus pecados esteja caindo sobre você como uma tonelada de tijolos. Talvez você tenha feito algo recentemente e esteja começando a perceber o quanto isso foi terrível. Ou talvez seja algo que você tenha feito anos atrás. Seja lá o que for, você está vivendo sob uma carga de culpa e não sabe como se livrar de tudo isso. Então, o que fazer?

Culpa é um sintoma do pecado. Não adianta muito tratarmos somente sintomas. Devemos ir à raíz. Você precisa de perdão. Há somente uma forma de ter seus pecados perdoados: Deus, através de Jesus Cristo. Devemos dizer: "Senhor, sinto muito pelos meus pecados. Perdoe-me." E Ele irá perdoá-lo. O único pecado que Deus não perdoa é o pecado que não confessamos a Ele. A Bíblia diz que "se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça." (1 João 1:9)

Se Ele perdoou as pessoas que O pregaram na cruz, Ele certamente irá perdoá-lo de qualquer pecado que você tenha cometido. Não importa o quão terrível tenha sido, não importa o quão incompreensível seja, Ele irá perdoá-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário