sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Perguntando: Por Que?

"Ficarei no meu posto de sentinela e tomarei posição sobre a muralha; aguardarei para ver o que ele me dirá e que resposta terei à minha queixa." (Habacuque 2:1)

Não muito tempo atrás, uma mulher que havia perdido um filho me disse: "Greg, tudo o que posso perguntar é: "Por que?" E ela disse: "É errado perguntar por que?"

Eu disse a ela: "Não acho que seja errado.Você pode perguntar o que quiser. Jesus perguntou: 'Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?' (Mateus 27:26)" E acrescentei: "Não espere necessariamente uma resposta e, mesmo que Deus lhe dê uma, não sei se você realmente gostará dela."

Por que? Por que? E se Deus realmente respondesse a essa pergunta? Aconteceu com Habacuque. Ele estava perguntando a Deus por que certas coisas estavam acontecendo. Elas não faziam nenhum sentido para ele e então Deus disse: "Olhem as nações e contemplem-nas, fiquem atônitos e pasmem; pois nos dias de vocês farei algo em que não creriam, se lhes fosse contado." (Habacuque 1:5)

Habacuque essencialmente respondeu: "Experimenta-me".

E quando Deus lhe disse o por quê, Habacuque não gostou da resposta de Deus. Ele não concordou com ela.

Deus poderia nos dizer os por quês, mas nunca vamos conseguir entendê-los completamente até chegar ao céu e ver as coisas como elas realmente são.

Então, em vez de perguntar por que, talvez uma pergunta melhor seria: "O quê?" Como em: "O que você quer que eu faça?"

O que Deus quer que você faça é chamá-Lo. Quando as pessoas vêm a mim e estão sofrendo, quando me pedem respostas, eu lhes digo: "Não tenho uma resposta, mas aqui está o que eu tenho: Voltai-vos para Deus, inclinai-vos sobre Jesus."

Um dia, os por quês serão explicados. Até lá, tudo é sobre quem e o quê. A quem nos voltamos e o que fazemos. Assim, quando a tragédia lhe atingir, não corra de Deus; pelo contrário: vire-se para Ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário