segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Dor em Perspectiva

"Que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações." (2 Coríntios 1:4)

O apóstolo Paulo sabia muito sobre sofrimento. Ele escreveu em 2 Coríntios 1:8-9, "Irmãos, não queremos que vocês desconheçam as tribulações que sofremos na província da Ásia, as quais foram muito além da nossa capacidade de suportar, a ponto de perdermos a esperança da própria vida. De fato, já tínhamos sobre nós a sentença de morte, para que não confiássemos em nós mesmos, mas em Deus, que ressuscita os mortos."

Que declaração sincera do apóstolo: "[...] perdermos a esperança da própria vida. De fato, já tínhamos sobre nós a sentença de morte, para que não confiássemos em nós mesmos, mas em Deus [...]."

Paulo também disse que devemos pegar o conforto que recebemos do Senhor e compartilhá-lo com os outros: "[Deus] que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações. Pois assim como os sofrimentos de Cristo transbordam sobre nós, também por meio de Cristo transborda a nossa consolação." (2 Coríntios 1: 4-5).

Acho que teríamos uma perspectiva diferente sobre a nossa dor se pudéssemos ver o que é dor real. Pode ser que você esteja lendo isso e esteja realmente sofrendo, mas acho que muitas vezes o nosso sofrimento não é tão ruim quanto pensamos que é. Precisamos de perspectiva.

Fui a hospitais inúmeras vezes para visitar pessoas que estavam morrendo - e o trabalho delas pregando para mim foi melhor do que o meu pregando para elas. Compartilharam o que o Senhor lhes estava mostrando através das Escrituras, como Ele as estava confortando e como Ele as estava fortalecendo. E sempre saí com uma nova perspectiva, porque essas pessoas acabaram me ajudando muito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário