segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Deixe Deus Escolher

"Meu Pai, se for possível, afasta de mim este cálice; contudo, não seja como eu quero, mas sim como tu queres" (Mateus 26:39)

Anos atrás visitei uma casa nas Filipinas onde um grupo de cristãos estava reunido. Eles me disseram que queriam me servir uma iguaria local. Então me trouxeram um ovo de pato. Eles me disseram: "Isso é Balut, e amamos comer isso por aqui." Então quebraram o ovo.

Uma vez que a casca foi removida, tinha um pato parcialmente formado. Eu podia ver a cabeça e o bico. Eu podia ver as penas. E tinha um líquido marrom. Eles disseram "Greg, primeiro você bebe o líquido, e depois você come o pato... Agora, você precisa comer um."

"Não acho que consiga fazer isso" - Eu disse.

Alguém sussurrou em meu ouvido: "Se você não comer eles vão ficar culturalmente ofendidos."

"Se eu comer e vomitar eles vão ficar ainda mais ofendidos" - Sussurrei de volta.

Eu não comi.

Na cruz, Jesus tomou o cálice que seu Pai O deu, e Ele bebeu tudo. Ele havia orado mais cedo: "Meu Pai, se for possível, afasta de mim este cálice; contudo, não seja como eu quero, mas sim como tu queres" (Mateus 26:39).

Aqui Jesus nos deu um exemplo do que fazer em tempos de incerteza, em tempos que não entendemos (e talvez nem mesmo concordemos com Deus) o que cruzou nosso caminho. Podemos pedir a Deus por duas coisas: que Ele nos livre de certas coisas ou nos dê forças para passar por aquilo.

D. L. Moody disse "Espalhe sua petição diante de Deus e diga: 'Sua vontade, não a minha, seja feita'. A melhor lição que aprendi na escola de Deus é deixar que Ele escolha por mim."

Deus sabe o que faz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário