segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Amados Até o Fim

"Isso é bom e agradável perante Deus, nosso Salvador, que deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade." (1 Timóteo 2:3-4)

As pessoas às vezes perguntam: "Você acha que Deus ouviria a oração de uma pessoa perversa que o invocou nos últimos momentos de sua vida – mesmo se essa pessoa tivesse feito coisas horríveis? Absolutamente que sim.

Às vezes temos entes queridos que morreram e nunca tiveram uma vida de fé. E podemos concluir que eles não foram para o céu, mas não sabemos disso. Você estava com esses entes queridos nos últimos momentos de suas vidas? Você estava lá quando eles deram seu último suspiro? Como sabe se eles não invocaram Jesus?

Eis o que você sabe. Deus os amava e queria que fossem salvos. Como diz 1 Timóteo 2:4, Deus "deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade."

Quando Judas chegou ao Jardim do Getsêmani para trair Jesus, Jesus lhe disse: "Amigo, que é que o traz?" (Mateus 26:50). Jesus estava dando a Judas uma última chance de se arrepender. Eu creio que se Judas tivesse parado ali e dissesse: "Senhor, eu estraguei tudo, não sei o que estava pensando, perdoe-me", então Jesus teria lhe perdoado. Por que? Porque Deus diz: "não tenho prazer na morte dos ímpios, antes tenho prazer em que eles se desviem dos seus caminhos e vivam" (Ezequiel 33:11). Jesus amava Judas até o fim. Ele era Seu amigo, mas o Seu amigo o traiu e isso partiu o Seu coração.

Não quero dar uma falsa segurança e sugerir que todos estão no céu, porque não estão. Estou dizendo que se invocaram o Senhor nos últimos momentos de suas vidas, Ele os perdoou e os salvou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário