segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Feitos Para Dividir

"Logo começou a falar corajosamente na sinagoga. Quando Priscila e Áquila o ouviram, convidaram-no para ir à sua casa e lhe explicaram com mais exatidão o caminho de Deus." (Atos 18:26)

Já disse isso antes e vou dizer novamente. Como cristão, há uma escolha diante de você: evangelizar ou fossilizar. Temo que haja muitos crentes que conhecem a Palavra de Deus, mas pensam que tudo gira em torno deles. É tudo sobre eles serem abençoados, crescerem, e aprenderem. Obviamente, há um lugar para isso, mas é também sobre tomarmos essas verdades recém-descobertas e compartilhá-las com os outros.

A verdade que Deus lhe deu não foi projetada para ser acumulada só para si; ela foi projetada para ser compartilhada. Você tem sido abençoado para ser uma bênção para os outros. E se você apenas recebe e não dá, está correndo o risco de entrar numa zona de estagnação espiritual.

Temos um novo bebê na família, a filha de nosso filho Jonathan e sua esposa Bianca. Fico impressionado com as coisas que ela faz. Ela bate mãozinhas, e quando me vê, começa a tagarelar. É tão divertido passar o tempo com um bebê. É fascinante para mim o quanto os bebês aprendem a cada dia.

Também é emocionante acompanhar meus netos mais velhos crescerem e amadurecerem. Gosto de passar um tempo com eles. Você vê as coisas de forma diferente quando está com crianças, coisas que talvez daria como certo se não fossem elas.

É bem assim com um novo crente. Você está compartilhando coisas que, francamente, começa a tomar como certas. E como eles estão descobrindo pela primeira vez, você as redescobre.

Todos temos um papel a desempenhar. Você pode pensar: bem, eu não sei tantas coisas assim. Mas você sabe mais do que um novo crente. E Deus pode fazer muito com pouco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário