sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Desculpas e Não Razões

"Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas encorajemo-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o Dia." (Hebreus 10:25)

Uma razão é algo que oferecemos quando não somos capazes de fazer alguma coisa, enquanto que uma desculpa é algo que oferecemos quando não queremos fazer alguma coisa e quando queremos nos livrar dela. As pessoas oferecem um monte de desculpas para não ir à igreja.

Vamos olhar para o comprometimento que os fãs de futebol têm, como eles torcem pelo seu time, independente das circunstâncias ou das condições climáticas. Vestem-se com as cores do time e até mesmo pintam seus rostos. E quando sai um gol, gritam de emoção. 

E se as pessoas fossem assim na igreja, nunca faltando a um culto, nunca perdendo uma oportunidade de adorar? E se as pessoas oferecessem as mesmas desculpas para não ir aos jogos, como fazem para não ir à igreja? Pense o quanto iria soar ridículo: "Olha, não vou mais para os jogos, porque as pessoas que se sentam ao meu redor não parecem tão amigáveis. É muito lotado. Simplesmente há muitas pessoas." Ou: "Os bancos são muito desconfortáveis." Ou: "É muito difícil encontrar um lugar para estacionar." Ou: "O técnico nunca veio falar comigo pessoalmente." 

E que tal estas desculpas? "Bem, li um livro sobre futebol, e acho que sei mais do que o técnico." Ou: "Meus pais me levaram para um monte de jogos quando eu era pequeno, então simplesmente não quero mais ir."

Duvido que você algum dia ouça essas desculpas para faltar a um jogo de futebol, mas isso é o que as pessoas dizem para não irem à igreja. Elas podem ter um monte de desculpas para oferecer - e nenhuma razão.

2 comentários:

  1. O texto de hoje foi sensacional, além de bem humorado. Poderiam criar uma versão feminina comparando a fazer compras no shopping ou ir ao cabeleireiro. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Foi um alerta para muitas pessoas uma delas sou eu mesmo.

    ResponderExcluir