sexta-feira, 1 de julho de 2016

Usando Deus

"Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens, sabendo que receberão do Senhor a recompensa da herança. É a Cristo, o Senhor, que vocês estão servindo." (Colossenses 3:23-24)

Às vezes as pessoas tentam usar Deus para obter ganhos pessoais. Elas invocam o nome de Jesus Cristo quando precisam de algo das pessoas que creem n'Ele. Políticos são muito conhecidos por isso. Quando as eleições se aproximam, de repente começam a falar sobre a fé que têm em Deus, ou quão importante é a fé para eles. E aparecem fotos de políticos congregando nas igrejas. Mas eu procuro olhar para o histórico das decisões passadas dos políticos para ver como eles estão se colocando em questões que são importantes para mim como seguidor de Jesus Cristo. A retórica religiosa não irá apagar essas decisões.

Gosto do que Abraham Lincoln falou: "Minha preocupação não é se Deus está do nosso lado. Minha maior preocupação é estar do lado de Deus."

Políticos não são os únicos que usam Deus. Pessoas que trabalham com vendas também o fazem para realizar vendas. Talvez até tenham seus cartões de visita impressos com um símbolo cristão ou um versículo. Não critico isso. Se o fazem, é porque querem glorificar a Deus através de seus negócios. Mas aqui está o que eu diria a pessoas que fazem isso: por favor, façam seu trabalho direito!

Francamente, pessoas também podem usar sua fé para ganhar um emprego, para então realizar um trabalho medíocre. O ponto é: fazer o que você está fazendo para a glória de Deus, e então você terá condições de compartilhar a sua fé. O testemunho estará num trabalho que é bem feito. Então, se você pinta casas, faça-o para a glória de Deus. Se você frita hambúrgueres, faça-o para a glória de Deus. Se você for um encanador, médico, administrador, professor, advogado, engenheiro, ou realizar o tipo de trabalho que for, faça-o para a glória de Deus.

Mas não use Deus para obter algo de alguém. Ao inés disso, deixe Deus usar você.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário