segunda-feira, 6 de junho de 2016

Melhor dos Tempos, Pior dos Tempos

Portanto, celebrem, ó céus, e os que neles habitam! Mas, ai da terra e do mar, pois o diabo desceu até vocês! Ele está cheio de fúria, pois sabe que lhe resta pouco tempo".
Apocalipse 12:12
"Portanto, celebrem, ó céus, e os que neles habitam! Mas, ai da terra e do mar, pois o diabo desceu até vocês! Ele está cheio de fúria, pois sabe que lhe resta pouco tempo." (Apocalipse 12:12)

O Conto de Duas Cidades, de Charles Dickens, começa com as palavras: "Era o melhor dos tempos, era o pior dos tempos..." É assim que o nosso mundo será pouco antes do retorno de Jesus Cristo: tanto o melhor quanto o pior acontecerão ao mesmo tempo. Na parábola do joio e do trigo, Jesus ilustra um cenário dos últimos dias, no qual tanto Deus quanto o diabo estarão trabalhando.

A boa notícia é que as pessoas crerão em Jesus Cristo. Nos últimos dias, disse Deus: "derramarei do meu Espírito sobre todos os povos. Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os jovens terão visões, os velhos terão sonhos." (Atos 2:17).

Mas aqui está a má notícia: o diabo vai tentar minar a fé. Lemos em 2 Timóteo 3:13: "Contudo, os perversos e impostores irão de mal a pior, enganando e sendo enganados." Pouco antes do retorno de Cristo, uma batalha espiritual será deflagrada. Vamos ver o bom e o mau, o justo e o ímpio juntos.

Apocalipse 12:12 diz: "Portanto, celebrem, ó céus, e os que neles habitam! Mas, ai da terra e do mar, pois o diabo desceu até vocês! Ele está cheio de fúria, pois sabe que lhe resta pouco tempo." O diabo vai estar muito ocupado nos últimos dias. E ele estará moldando seus adversários e variando seus ataques, enganos e estratégias.

Algumas vezes o diabo atacará com toda a sua depravação e malícia, como um leão que ruge. Em outros momentos, atacará de maneira mais sutil, aparecendo como um anjo de luz. É por isso que precisamos estar em alerta e cientes de suas táticas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário