quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

O Presente de Deus para Nós - Parte 1

"Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele." (João 3:17)

Quando a gente é criança, o Natal representa apenas receber presentes. Em dezembro, a cabeça das crianças está fixada só nas imagens dos brinquedos preferidos.

Mas a verdadeira mensagem do Natal não são os presentes que damos uns aos outros. O verdadeiro significado é o presente que Deus nos deu, Seu Filho Jesus Cristo.

Hoje e amanhã quero apontar três coisas do presente que Deus nos deu naquela pequenina manjedoura em Belém.

A primeira coisa que devemos perceber acerca do presente de Deus é que Ele veio numa embalagem simples. Algumas pessoas têm um trabalhão danado para embrulhar bem bonitos os presentes, mas o presente de Deus não veio numa embalagem bonita, nem enfeitada. Ele veio numa manjedoura suja, achada numa caverna fria numa cidade pouco conhecida chamada Belém.

Essa é a beleza do evento do Natal. Jesus tomou lugar numa manjedoura para que nós pudéssemos ter um lar no céu. O Salvador não veio embrulhado em lençóis de cetim, mas em trapos comuns. Lá na manjedoura o maior presente estava nas embalagens mais comuns.

A segunda coisa que quero apontar a respeito do presente de Deus é que não o merecemos. Pense nisto: Deus nos deu o maior presente: Seu Filho Jesus Cristo, enquanto ainda pecávamos contra Ele (ver Romanos 5:8).

Não fizemos absolutamente nada para merecer ou fazer jus ao Seu presente. Essa é a fantástica verdade do Natal. Apesar de sermos quem somos, Deus mandou Seu Filho "para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3:16).

Com o Natal chegando, comece a preparar seu coração para a celebração do nascimento de nosso Salvador. Medite sobre o fato de que Jesus nasceu para morrer, a fim de que nós pudéssemos viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário