sexta-feira, 10 de julho de 2015

Quando Pecamos

"Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça." (1 João 1:8-9)

A questão não é se vamos pecar ou não. A questão é quando isso irá acontecer. A Bíblia diz: "Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós" (1 João 1:8). Todos vamos pecar. A pergunta é: o que vamos fazer quando pecarmos? Será que vamos ouvir a voz errada e fazer a coisa errada? Ou será que vamos ouvir a voz certa e fazer a coisa certa?

Tanto Judas Iscariotes quanto Pedro traíram Jesus, casa um à sua própria maneira. Judas traiu Jesus por 30 moedas de prata. Pedro negou conhecer Cristo. Mas acredito que se Judas realmente quisesse, ele poderia ter sido perdoado por Jesus. No Jardim do Getsêmani, quando ele veio para identificar Jesus como aquele a quem as autoridades estavam buscando, Jesus disse-lhe: "Amigo, que é que o traz?" (Mateus 26:50). Ele ofereceu-lhe um último ato de perdão. Ainda assim Judas traiu Jesus. Mais tarde, ele percebeu o que tinha feito, mas nunca se arrependeu de seu pecado. Ele ouviu a voz errada e fez a coisa errada.

Pedro negou conhecer Jesus não uma, nem duas, mas três vezes. E chorou amargamente depois. Pedro ficou com seus amigos cristãos, voltou-se para Jesus e recebeu o seu perdão. Pedro ouviu a voz certa e fez a coisa certa.

A voz errada, o diabo, nos afasta de Jesus, da igreja, da comunhão, da Palavra de Deus e de tudo aquilo que poderia nos ajudar. Mas a voz certa vai nos levar à Palavra de Deus, à igreja, aos nossos amigos cristãos, a Deus em oração, ao perdão e à restauração em um relacionamento com Ele. Você tem uma escolha. Qual voz irá ouvir?

Nenhum comentário:

Postar um comentário