quinta-feira, 11 de junho de 2015

Quando Nos Preocupamos

"Desde os confins da terra eu clamo a ti, com o coração abatido; põe-me à salvo na rocha mais alta do que eu."  (Salmos 61:2)

Não há dúvidas de que a vida é cheia de problemas. Temos preocupações com o futuro, saúde, família, finanças e a lista vai longe... Acontecem coisas que nos assustam e, às vezes, nos deixam atemorizados. Existem coisas que nos preocupam, que nos deixam alarmados, e  que nos deixam ansiosos.

Todo mundo se preocupa de alguma forma. Todos temos ansiedade. Admito que fico preocupado e não digo isso com orgulho. Preocupação não é uma virtude. De fato, pode ser um pecado na medida em que não estamos confiando em Deus. Então tenho uma sugestão: na próxima vez em que você for tentado a se preocupar, faça orações.

Orar é a forma com que Deus nos auxilia a vencer as nossas ansiedades e preocupações. Filipenses 4:6-7 nos fala: “Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus.”

Talvez Deus afaste os seus problemas. Isso é possível. Mas, pode ser também que Ele não faça isso. Eis o que acontece: você ganha perspectiva. Você enxerga Deus como Ele é, e então enxerga os seus problemas como eles verdadeiramente são. Se você tem um grande Deus, então tem um problema relativamente pequeno. Mas se você tem um grande problema, é porque crê em um Deus pequeno. Você ainda não está enxergando Deus na Sua Glória e na plenitude do que Ele pode fazer.

A oração nos traz a paz de Deus e a Sua força para nos auxiliar a lidar com aquilo que passamos: seja lá o que for. Isso é o que Deus faz para aquele que O chama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário