quinta-feira, 28 de maio de 2015

Um Crente Aprendiz

"Visto que, na sabedoria de Deus, o mundo não o conheceu por meio da sabedoria humana, agradou a Deus salvar aqueles que creem por meio da loucura da pregação." (1 Coríntios 1:21)

A igreja do primeiro século acreditava na pregação e no ensino da Bíblia. E se você quer estar perto de Deus, tem que amar a Sua Palavra, porque Deus fala com o Seu povo através da Sua Palavra.

Mostre-me uma pessoa que estuda a Bíblia e eu lhe mostrarei uma pessoa que pode crescer espiritualmente. “Então eu disse: Aqui estou, no livro está escrito a meu respeito; vim para fazer a tua vontade, ó Deus.” (Hebreus 10:7). Ao longo do livro de Atos, podemos observar vários exemplos de como Deus honrou o ensino e a pregação da Sua Palavra.

Quando Paulo esteve em Areópago, em Atenas, o centro da filosofia da época, ele evocou a Palavra de Deus. Os filósofos da Grécia, grandes intelectuais, se reuniam lá. Então, o que fez Paulo? Será que apresentou uma peça teatral? Afinal de contas, a Grécia foi o berço do que chamamos hoje de teatro. Ele poderia ter usado uma peça de três atos para contar a história de Jesus. Mas lemos em Atos 17 que Paulo estava no Areópago e disse: “Atenienses! Vejo que em todos os aspectos vocês são muito religiosos” (versículo 22). E então Ele pregou o evangelho para eles.

A Bíblia diz que é por meio da loucura da pregação que as pessoas irão crer (veja 1 Coríntios 1:21). Mas vivemos numa época em que as pessoas não valorizam a pregação. Os sermões estão ficando mais curtos e há mais tempo dedicado a outras coisas.
Mas eu, pessoalmente, quero é ouvir o que a Palavra de Deus tem a dizer. Você não?

A igreja do primeiro século entendeu isso. Eles eram uma igreja de aprendizagem. E se você quiser ser um cristão forte, precisará ser um crente aprendiz, um crente que estuda a Palavra de Deus.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário