sexta-feira, 15 de maio de 2015

Da Escuridão Para a Luz

"Eu o livrarei do seu próprio povo e dos gentios, aos quais eu o envio para abrir-lhes os olhos e convertê-los das trevas para a luz, e do poder de Satanás para Deus, a fim de que recebam o perdão dos pecados e herança entre os que são santificados pela fé em mim." (Atos 26:17-18)

As pessoas têm me perguntado sobre “a palavra” que devem dizer para os não crentes para que se tornem cristãos. Elas querem saber “a verdade” irresistível. Mas eu não tenho este tipo de verdade. Ninguém tem este tipo de verdade. Não há nada que eu ou você possamos dizer, que faça uma pessoa acreditar.

Para mim a conversão é um mistério. Tenho a visto acontecer muitas vezes, mas eu não a compreendo. Não compreendo porque Deus usa uma pessoa como eu para articular uma mensagem, e então o Espírito Santo torna a mensagem compreensível a quem está lendo ou ouvindo. Mas eu já vi isso acontecer, até mesmo enquanto estou falando, quando observo as reações das pessoas. O Espírito Santo de Deus está abrindo os seus olhos para a verdade do evangelho. E quando um convite é realizado e a pessoa aceita, é animador ver o que Deus fez.

Quando oramos por aqueles que não creem, não devemos apenas pedir para que Deus abra os olhos dessa pessoa, mas também para que essas pessoas possam mudar da escuridão para a luz, do poder do diabo para o Poder de Deus. Somente Deus pode abrir os olhos de alguém e somente este alguém pode mudar da escuridão para a luz. Somente Deus pode tornar a pessoa consciente de sua necessidade de Cristo, mas somente a própria pessoa pode colocar a sua fé em Cristo. Deus não faz isso por nós; Ele deu esta liberdade de escolha para as pessoas. Então, depende delas responder ao chamado e tomarem uma decisão.

Há um grande número de pessoas que tenta viver em dois mundos. Elas sabem o que é verdadeiro. Elas realmente creem no que é verdadeiro, mas não mudaram da escuridão para a luz.
- Você mudou da escuridão para a luz? Você tem seguido Jesus Cristo ou somente participado de rituais?

Nenhum comentário:

Postar um comentário