sexta-feira, 17 de abril de 2015

Para Sempre o Mesmo

"Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e para sempre." (Hebreus 13:8)

A Bíblia descreve uma época na história de Israel quando "cada um fazia o que lhe parecia certo" (Juízes 17:6). Isso também me parece uma boa descrição do nosso tempo atual. Ao invés de viver de acordo com um padrão, como os Dez Mandamentos, muitos fazem suas próprias regras e utilizam uma escala flexível de moralidade, imaginando ser, pelo menos, melhor que o seu próximo.

Isso me lembra do que advertiu o profeta Isaías: "Ai dos que chamam ao mal bem e ao bem, mal, que fazem das trevas luz e da luz, trevas, do amargo, doce e do doce, amargo." (Isaías 5:20). É aí que está a nossa cultura nos dias de hoje. Zombamos do que é bom e puro e celebramos o que é mau e pecaminoso. Bom é chamado de mal e mal é chamado de bom em nosso mundo virado.

Acho que nossa geração pode ser chamada de a "Geração-do-eu", porque pensamos em tudo, o tempo todo, para nós mesmos. É tudo sobre conseguir o que queremos e quando o quisermos. Agora que podemos obter as nossas próprias informações exatamente quando precisamos, não quero que me digam o que podemos ver ou ouvir, ou deixar os outros decidir quando podemos ouvir e ver. Queremos o que queremos e quando o quisermos. E muitos adotam a mesma abordagem para a moralidade.

Então, como vamos chegar a uma cultura que valha a pena? Resposta: nós a alcançaremos da mesma forma que os cristãos alcançaram sua cultura há 100 anos, e há 300 anos, e há 500 anos e há 2.000 anos. Chegamos a nossa cultura com a autoridade e a mensagem da Palavra de Deus, porque isso nunca muda, não importa o que aconteça. "Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e para sempre" (Hebreus 13:8). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário