quarta-feira, 1 de abril de 2015

Palavras Que Não Combinam

"Mas Pedro respondeu: 'De modo nenhum, Senhor! Jamais comi algo impuro ou imundo!' A voz lhe falou segunda vez: 'Não chame impuro ao que Deus purificou'." (Atos 10:14-15)

Há certas palavras que combinam e certas palavras que não. "Sim, Senhor", isto funciona muito bem. "Como, Senhor?" - Isso é legal. "Quando, Senhor?" ou mesmo "Por que, Senhor?" também funcionam. Mas se você é um cristão, nunca deveria dizer: "Não, senhor" ou "Nunca, Senhor."

Era a hora de Pedro deixar sua zona de conforto e ir para certas pessoas que precisavam ouvir o evangelho. Então, certo dia enquanto Pedro estava orando por volta do meio-dia, teve uma visão onde viu o céu aberto e um lençol descer com todos os tipos de animais que a lei judaica considerava  imundos. Deus lhe disse: "Levante-se, Pedro; mate e coma." (Atos 10:13)

Mas Pedro respondeu: "Não, Senhor." Ora, Pedro estava em Jope, o mesmo lugar onde Jonas pegou um navio que ia na direção oposta de onde Deus lhe disse para ir. Jonas não queria pregar em Nínive, que era inimiga de Israel, então tentou ir o mais longe de Deus que podia. Mas o Senhor tem uma maneira de fazer com que as coisas sejam feitas do jeito que Ele quer, e Jonas finalmente disse: "Sim, Senhor".

Às vezes não queremos chegar ao inimigo com o evangelho, porque, sinceramente, somos do tipo que se alegra em saber que um dia eles terão o que merecem. Mas precisamos compartilhar as Boas Novas com todos. Até mesmo com nossos inimigos.

Pedro tinha uma escolha. Ele poderia fugir de Deus ou obedecê-Lo. E escolheu a segunda opção. Quando o Senhor disse vá, ele foi. Pedro compartilhou o evangelho com Cornélio, que se converteu a Cristo. O Espírito Santo foi derramado sobre a casa de Cornélio e o evangelho foi trazido para o mundo dos não judeus. E o resto, como dizem, é história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário