segunda-feira, 16 de março de 2015

Quando Sou Fraco é Que sou Forte

"Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco é que sou forte." (2 Coríntios 12:10)

Amamos todos os aspectos emocionantes da vida cristã, menos o sofrimento. Mas Paulo escreveu: "De fato, todos os que desejam viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos" (2 Timóteo 3:12).

Se você quiser ser usado por Deus, vai ser atacado. Se quiser se misturar com a multidão e nunca posicionar-se com relação a sua fé em Cristo, então provavelmente não vai ter muita oposição. Mas se você disser: "Quero que a minha vida faça a diferença. Quero testemunhar a Jesus Cristo onde quer que eu esteja", então prepare-se para enfrentar oposição.

Paulo enfrentou muitos problemas de fontes inesperadas. Ele disse:

"São eles servos de Cristo? — estou fora de mim para falar desta forma — eu ainda mais: trabalhei muito mais, fui encarcerado mais vezes, fui açoitado mais severamente e exposto à morte repetidas vezes. Cinco vezes recebi dos judeus trinta e nove açoites. Três vezes fui golpeado com varas, uma vez apedrejado, três vezes sofri naufrágio, passei uma noite e um dia exposto à fúria do mar. Estive continuamente viajando de uma parte a outra, enfrentei perigos nos rios, perigos de assaltantes, perigos dos meus compatriotas, perigos dos gentios; perigos na cidade, perigos no deserto, perigos no mar, e perigos dos falsos irmãos" (2 Coríntios 11:23-26).

Apesar disso, Paulo disse: "Quero conhecer a Cristo, ao poder da sua ressurreição e à participação em seus sofrimentos, tornando-me como ele em sua morte" (Filipenses 3:10). Parte do conhecimento de Deus não provem apenas do poder da sua ressurreição, mas também de seu sofrimento.

Deus pode trabalhar através da fraqueza e do sofrimento humano. Mas, se você enfrenta a calamidade, se tem uma doença física ou desafio e ainda pode se alegrar e louvar a Deus, este é um poderoso testemunho. E, de certa forma, pode ser mais poderoso do que o testemunho de alguém que jamais enfrentou  sofrimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário