sexta-feira, 13 de março de 2015

É Deus Quem Faz o Trabalho

"Eu plantei, Apolo regou, mas Deus é quem fazia crescer; de modo que nem o que planta nem o que rega são alguma coisa, mas unicamente Deus, que efetua o crescimento." (1 Coríntios 3:6-7)

Não se encontra no Novo Testamento nenhuma passagem sobre alguém que tenha vindo à fé sem envolvimento de outra pessoa. Embora haja exceções, é assim que a maioria das pessoas se torna cristã.

Tomemos por exemplo, o carcereiro de Filipos, cuja conversão está registrada em Atos 16. Deus poderia tê-lo alcançado de muitas maneiras, mas Ele escolheu usar Paulo e Silas, os quais Ele permitiu serem presos para poderem pregar o evangelho. Eles foram maltratados por este carcereiro, mas quando um terremoto atingiu a prisão e assim o carcereiro teria que ser executado pela fuga dos prisioneiros, Paulo e os outros escolheram ficar na prisão. O carcereiro perguntou: "Senhores, o que devo fazer para ser salvo?" Atos 16:30 nos diz que não só o carcereiro chegou à fé, mas também toda a sua família.

Outro exemplo é encontrado em Atos 10 na história de Cornélio, um centurião do regimento romano que tinha um coração aberto para conhecer Deus. Um anjo apareceu-lhe e disse que precisava falar com uma pessoa chamada Simão Pedro, que estava em Jope. Então Cornélio enviou alguém para chamar Pedro e Pedro compartilhou o evangelho com ele.

Mesmo Saulo de Tarso, que conhecemos como Paulo, foi convertido na estrada para Damasco, tendo um encontro direto com Jesus. No entanto, ele teve seu coração aberto pelo testemunho do jovem Estêvão, o primeiro mártir da igreja, que assim orou enquanto estava morrendo, sendo apedrejado: "Senhor, não os consideres culpados deste pecado" (Atos 7:60).

Sim, Deus usa pessoas para alcançar pessoas, mas é Deus quem salva. Isso parece bastante óbvio, mas às vezes nos esquecemos. Deus prepara o coração de uma pessoa para ouvir e receber o evangelho. Ele nos usa, mas é Ele o único quem faz o trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário