terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Pecar Contra o Espírito Santo

"Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção." (Efésios 4:30)

Algumas vezes podemos pensar no Espírito Santo mais como sendo “algo” do que sendo “Alguém”. Mas Jesus falou sobre o Espírito Santo: “Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:8). O Espírito Santo é Deus, isso quer dizer que pecados podem ser cometidos contra Ele.

Um crente pode pecar contra o Espírito Santo entristecendo-lhe. Efésios 4:30 diz: “Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção”. A palavra “entristecer” significa “afligir”. Quando permitimos que amargura, indignação, raiva, palavras duras, ou difamação façam parte de nossas vidas, entristecemos o Espírito Santo.

Também podemos pecar contra o Espírito Santo extinguindo-O. O apóstolo Paulo escreveu para os crentes de Tessalônica: “Não apaguem o Espírito.” (1 Tessalonicences 5:19). A palavra “apagar” traz a ideia de extinguir um fogo. É possível que estejamos apagando ou extinguindo o trabalho que o Espírito Santo tem feito em nossas vidas. Quando Deus que trabalhar mas encontra descrença, isso dificulta o Seu trabalho, pois Deus trabalha através da fé que há em nossas vidas quando cremos n’Ele.

Você abriga ressentimento contra alguém nesse momento? Você tem caluniado alguém ou até mesmo transmitido informações que ouviu, mas ainda não sabe se são realmente verdadeiras? Você está possuído por acessos de raiva? Tem dito: “Bem, Deus pode nunca usar uma pessoa como eu”, ou “Deus nunca escuta as minhas orações”?
De acordo com as Escrituras, isto entristece o Espírito Santo.
Se hoje você entristece o Espírito Santo, é tempo de parar. É tempo de ficar limpo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário