segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Escolhas Certas

"Lembre-se do seu Criador nos dias da sua juventude, antes que venham os dias difíceis e antes que se aproximem os anos em que você dirá: 'Não tenho satisfação neles.'" (Eclesiastes 12:1)

Um provérbio francês diz: "Quarenta anos é a velhice dos jovens; cinquenta é a juventude dos velhos." De acordo com os franceses, ainda sou uma pessoa jovem, relativamente falando.

No entanto, minha esposa e eu fomos ao cinema um outro dia, quando soubemos que eles davam descontos para idosos. Perguntei sobre o desconto para um funcionário jovem, esperando ser questionado sobre o assunto. Mas, sem qualquer hesitação, o jovem empregado só me deu o meu bilhete.

Estou num ponto da vida chamado “meia-idade”, no qual eu não me importaria muito se conhecesse apenas mais algumas pessoas de 100 anos. Quando você está na meia-idade, você começa a se perguntar quem coloca areia movediça na ampulheta do tempo, porque os seus dias, meses e anos passam muito rapidamente.

Então eu lhe pergunto: qual é a história que a sua vida está contando?
A minha história é simples: sou a prova viva de que Deus pode pegar uma vida cheia de problemas e salvá-la. Essa é a minha história.
- Qual é a sua?
Todos temos uma história para contar. E tudo o que precisamos para fazer um balanço de nossas vidas é perguntar: “No que a minha vida se resume? Qual é o legado que eu vou deixar? Como vou ser lembrado?”

É muito importante não pensar nisso somente quando você estiver mais velho. É fundamental refletir quando você ainda é jovem, quando você traça o curso que a sua vida vai tomar. É quando você desenvolve hábitos e toma decisões, como a carreira que você vai seguir e com qual pessoa vai se casar.

Você vai decidir a noite da sua vida, na manhã dela, ou o fim pelo começo.
Por isso, faça hoje as escolhas certas.
Link para o texto original

Nenhum comentário:

Postar um comentário